08/08/2016 19:24

A Alegoria da Caverna. In: A REPÚBLICA – Platão.

 

A Alegoria da Caverna é uma narrativa escrita por Platão. Conta a história fictícia de pessoas que passam a vida inteira vivendo dentro de uma caverna, como prisioneiras, isoladas do mundo por um muro, onde só existe uma pequena fresta para o mundo real. Nessa caverna as pessoas não vêem umas às outras, elas permanecem de costas ao muro, com visão apenas para a parede do fundo da caverna, presas por correntes. Na caverna existe uma fogueira, no mundo exterior circulam pessoas carregando coisas que acabam sendo projetados pela fresta e pela fogueira no fundo da caverna. Neste ambiente, de quem está no interior da caverna, toda a realidade é construída sobre as sombras na parede e sons distorcidos, sem que se saiba da existência de um mundo diferente do lado de fora da caverna. Certa vez, um desses homens, descrito por Platão, questionou-se sobre o que poderia haver além daquele ambiente.

Dessa forma, esse homem arrumou um jeito de se libertar das correntes a atravessar o muro. Ao se deparar com outra realidade, com toda aquela claridade, sentiu dor, seus olhos ficaram ofuscados e quis voltar para o interior da caverna, mas ficou e descobriu que a verdade era muito diferente daquela que ele acreditava. Depois, ele resolveu voltar parar a caverna e contar a seus companheiros sobre o que descobriu (que o mundo em que viviam e as coisas nas quais acreditavam não consistiam na verdadeira realidade). Foi zombado, caçoado, desacreditado e poderia até ser morto se insistisse em tirá-lo seus semelhantes da caverna. Podemos fazer a seguinte interpretação sobre essa belíssima alegoria: O que é a caverna? O mundo de aparências em que vivemos. O que são as sombras no fundo da caverna? As coisas que percebemos. O que são as correntes? Nossos preconceitos e opiniões, a nossa crença de que o que estamos percebendo é a realidade, a verdade. Quem é o prisioneiro que se liberta da caverna? O Filósofo. (Platão parece fazer referência a Sócrates, para ele o autêntico filósofo). O que é o mundo lá fora? A realidade. Qual o instrumento que liberta o prisioneiro rebelde e com o qual ele pretendia libertar os outros? A Filosofia.


Fonte: resumos.netsaber.com.br/resumo-90789/a-alegoria-da-caverna--in--a-republica