07/08/2016 18:19 - Atualizado em 07/08/2016 18:23

Como são feitas as roupas à prova de radioatividade?

 

Bem, para falar a verdade, isso nem existe. Uma fonte radioativa emite três tipos de radiação: os raios alfa, beta e gama. Os raios alfa podem ser barrados por uma simples folha de papel. Evitar os raios beta é mais complicado: seria necessária uma grossa lâmina de chumbo ou alumínio. Mas somente uma câmara de chumbo maciço, com paredes de 30 centímetros de espessura, poderia bloquear os raios gama, os mais perigosos. Convenhamos que seria difícil produzir uma roupa assim...

Os trajes "anti-radiação" que aparecem em filmes só impedem a contaminação por elementos químicos radioativos - átomos de urânio, argônio ou césio, que podem ficar suspensos no ar após o vazamento em um reator ou em uma máquina de raios X, por exemplo. "Ao serem inalados ou absorvidos pela pele, esses átomos ficariam irradiando constantemente dentro do corpo", afirma o engenheiro nuclear Rajendra Saxena, do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN), em São Paulo. Essas roupas não têm nada de especial: são, em geral, de plástico e basta que sejam impermeáveis, hermeticamente fechadas, difíceis de rasgar e fáceis de lavar. Além disso, é preciso usar um tanque de oxigênio para não respirar o ar contaminado.
 
Fonte: Mundo Estranho