Blogs


Paulo Marcello

Radialista profissional desde 1988, animador de eventos, mestre de cerimônias e DJ. Reside em Arapiraca (AL), onde apura os bastidores da política alagoana.  


Publicado em 28/10/2019 às 06:46

Ex-vereador deve assumir vaga na Câmara Municipal

A promessa feita pelo vereador Edvânio do Zé Baixinho (PSL), de que renunciaria o mandato caso a prefeitura inaugure uma praça, na próxima quarta-feira (30), chegou aos ouvidos do empresário Josival Ferreira de Lima, o Dorge do Queijo, 1º suplente da coligação “Arapiraca, juntos por novas conquistas” (PMDB / PDT / PRTB / PPS / PSL / PHS). Dorge acredita que a obra será entregue até antes da data prevista, por isso está pronto para assumir a vaga na Câmara Municipal.

“Eu vi as matérias que foram publicadas sobre a promessa do vereador Edvânio e eu vejo que ele fez esse desafio para que a obra andasse mais rápido, porque ele não vai deixar o mandato para entregar ao suplente. Mas, seja o que Deus quiser. Se ele honrar a palavra, com certeza eu estou pronto pra assumir o mandato. Está nas mãos de Deus”, disse Dorge.

Por sua vez, Edvânio do Zé Baixinho aposta que a prefeitura não irá concluir e inaugurar a Praça da Vila do Padre, no bairro Baixa Grande, até o dia 30, quando Arapiraca comemora seus 95 anos de Emancipação Política. Por isso, anunciou que deixará o mandato caso a obra seja inaugurada nesta data.

Durante o fim de semana, o assunto ganhou vários ‘memes’, devido à aproximação do dia do aniversário da cidade e por conta de que a maioria das pessoas acredita que Edvânio está fazendo mais uma promessa que não vai cumprir. O vereador tem serviço prestado e popularidade na região onde mora, mas tem deixado eleitores indignados por sua posição política flexível, volátil.

Segundo a assessoria da prefeitura, a Praça da Vila do Padre será inaugurada nesta terça-feira (29) às 9h30. Já Edvânio do Zé Baixinho afirmou que lançou o desafio ao prefeito Rogério Teófilo (PSDB), por estar inconformado com o abandono das obras em Arapiraca. As obras de revitalização e reforma estão orçadas em R$ 498.191,07, com recursos por meio do Ministério do Turismo.