31/07/2020 18:08 - Atualizado em 31/07/2020 18:12

50 vagas: MVV abre inscrições para Programa Aprendiz Operacional

Oportunidade é direcionada para moradores de Arapiraca e Craíbas, onde se situa o Projeto Serrote 

Até lá, a Mineração Vale Verde (MVV) seguirá agregando novos trabalhadores para seus quadros efetivos e de fornecimento de serviços. Até junho deste ano, segundo dados do setor de Recursos Humanos (RH) da empresa, cerca de 1,5 mil pessoas já estavam empregadas diretamente.

Agora, nesta sexta-feira (31), a MVV está lançando o Programa Aprendiz Operacional, com 50 vagas sendo abertas. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no www.vale-verde.com.

Realizadas por meio da Consultoria Análise Gestão Empresarial em parceria com o Instituto Edna Tizeu, elas seguem até a próxima terça (4) e são direcionadas exclusivamente para moradores de Arapiraca e Craíbas, incluindo as comunidades da área de influência direta (AID) do Projeto Serrote.

Para os candidatos que não conseguirem efetuar a inscrição online, estão sendo disponibilizados locais de apoio em Arapiraca — Consultoria Análise Gestão Empresarial, no bairro Cacimbas — e em Craíbas — Escola de Ensino Fundamental Ana Carolina de Queiroz, no Centro —, sempre das 8h às 12h e das 14h às 17h.

Para mais informações, os interessados dessas localidades podem contatar o telefone (82) 3521-1135.

OPERADOR DE PLANTA

A duração do treinamento é de seis meses. Os pré-requisitos para a vaga é ter maioridade; Ensino Médio completo; carteira reservista (Serviço Militar em dia); e disponibilidade de jornada de seis horas diárias. Não há distinção de gênero — as mulheres podem e devem participar. O valor mensal da bolsa-auxílio é de R$ 600.

De acordo com a gerente de RH da MVV, Dione Queiroz, o objetivo é capacitar tecnicamente essas pessoas que se candidatarem e passarem no processo seletivo. A formação na área da planta será um diferencial competitivo para os profissionais locais, uma vez que na região não existem, até o momento, escolas ou cursos profissionalizantes que ofereçam esse currículo.

Quando finalizado o treinamento, 41 desses 50 selecionados para o programa serão devidamente efetivados na MVV. Isto é, somarão o número dos empregados, neste que é o primeiro empreendimento de mineração do Estado de Alagoas.

A referida capacitação será na área de operação da planta de beneficiamento do Projeto. Esse é o local responsável por reduzir o tamanho da rocha (pedra) que chegará da mina. Além disso, o processo inclui a flotação, que vai separar o cobre do rejeito.

A seleção dos interessados no Programa Aprendiz Operacional acontecerá em quatro etapas: prova objetiva; avaliação psicológica; dinâmica de grupo e seleção do gestor; e exames médicos.

A lista dos candidatos classificados será amplamente divulgada no dia 4 de setembro, inclusive no próprio site da MVV. Para mais detalhes, conferir o regulamento no www.vale-verde.com.

SOBRE A APPIAN

Desde 2018, 100% do capital da MVV pertence a um fundo de investimentos administrado pela Appian Capital Advisory LLP focado em mineração. O fundo também possui um ativo no Brasil no município de Itagibá (BA), denominado Atlantic Nickel, com foco na produção de concentrado de níquel sulfetado e capacidade nominal de 120 mil toneladas/ano, que voltou a operar em janeiro de 2020. Sediada em Londres, a Appian possui ainda escritórios em países como África do Sul e Canadá.


Por Assessoria