Notícias / Cultura


Imprimir notícia

07/07/2018 14:08 - Atualizado em 07/07/2018 14:10

Arapiraca recebe peças teatrais do Cena em Fluxo nesse fim de semana

 

A agenda de atividades culturais de Arapiraca está lotada neste fim de semana. E isso é um bom sinal para o respiro de novos ares na segunda maior cidade de Alagoas.

O momento é propício para novos rumos, novas abordagens. Desta feita, a Companhia do Chapéu está trazendo neste final de semana para a Casa da Cultura, no Centro, o projeto Cena em Fluxo.

Haverá dois espetáculos cênicos: o “Tarja Preta” no sábado (7) às 19h e o “Alice?!” no domingo (8) às 16h. A entrada será R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia), com indicações para 14 e 12 anos, respectivamente.

Os eventos têm o apoio da Prefeitura de Arapiraca, Diretoria de Teatros do Estado de Alagoas, MCZ Sign, Dom Arteiro, Sid Lermen Fotografia, Innovare Sublimação, Eita Pizza e Restaurante e Lanchonete do Júnior, além da parceria das companhias teatrais Raízes da Terra e Flor do Sertão.

A primeira peça, “Tarja Preta”, investiga os índices de depressão de nossa sociedade atual. O corpo é projetado num esboço melancólico, trazendo os sentimentos, literalmente, à flor da pele.

Com direção de Donda Albuquerque e Thiago Sampaio, a atriz Joelle Malta se torna uma persona em um universo que permeia o vazio, a solidão, a ansiedade, a apatia e a angústia, revelando uma partitura poética e relacionando esses estados às memórias nossas.

Já no segundo espetáculo, “Alice?!”, a inspiração vem do livro de mesmo nome feito pelo escritor inglês Lewis Carroll em 1865, com o mote existencial que encarna na ora pequena, ora grande Alice em meio ao País das Maravilhas.

O espetáculo dialoga com o onírico – inclusive em seus atos – e traz a perspectiva de impermanência, o quem-sou-eu ressoando em cores e gestos dos atores Magnun Angelo, Laís Lira, Joelle Malta, Donda Albuquerque, Larissa Lisboa e André Cavalcanti. A direção é novamente de Thiago Sampaio.


Esta realização do Cena em Fluxo é encabeçada pelo grupo Companhia do Chapéu, na estrada e nos palcos há 15 anos. O intuito deste projeto, que de acordo com seus organizadores ainda segue para Maceió e Penedo, é fazer circular a Cultura e arejar os teatros e salas de apresentações com mais vida e arte alagoanas.

Ascom Arapiraca 


Deixe seu comentário

PREENCHA SEUS DADOS ABAIXO

Suas informações pessoais não serão divulgadas.


Comentários 0

Ainda não há comentários nesta matéria.