Notícias / Política


Imprimir notícia

22/05/2019 05:29 - Atualizado em 22/05/2019 05:30

Arapiraca se destaca na programação nacional da manifestação do próximo dia 26

 

Depois da realização de gigantescas carreatas durante a campanha de Bolsonaro em 2018, algo que foi publicado em todo o país por meio do compartilhamento nas redes sociais, Arapiraca ingressa de vez na agenda nacional das manifestações da direita. E, como não poderia ser diferente, a Capital do Agreste alagoano já é destaque na programação da manifestação que ocorrerá no próximo domingo, dia 26 de maio, com concentração marcada para às 15hs no Bosque das Arapiracas.

Mais de 200 cidades em todo o país já confirmaram que vão ocupar as ruas em defesa da nação. Segundo Abelardo Silva, presidente do PSL de Arapiraca, o que causou esse clamor nacional e esse sentimento de que o povo precisa ir urgentemente às ruas mostrar que o presidente Bolsonaro não está sozinho foi a demonstração da grande maioria dos deputados federais e senadores de que não estão dispostos a aprovar nada que venha do presidente enquanto não forem agraciados por cargos políticos ou propinas, deixando claro que não se importam em boicotar o país e nem de levarem ao caos uma economia que já vem cambaleando há alguns anos.

Abelardo Silva acrescenta que até mesmo a reforma administrativa que reduziu o número de ministérios de 29 para 22, trazendo uma grande economia de recursos para o país, precisa ser consolidada por meio da aprovação da MP 870/2019, porém esta vem sendo deixada de fora da pauta de votação no congresso e corre o risco de que, ultrapassando a primeira semana de junho, obrigue o governo a trazer de volta a antiga composição de 29 ministérios, o que causaria um aumento enorme e desnecessário de gastos e geraria um caos nas contas públicas e implicações na lei de responsabilidade fiscal. “A impressão que fica é que a grande maioria do congresso está passando por uma séria crise de abstinência por falta de propina e deseja a todo custo quebrar o país, derrubar o governo, assumir o poder novamente e voltar a ratear o dinheiro dos pagadores de impostos”, disse Abelardo Silva.

O presidente municipal do PSL lembrou que faz parte também da pauta da manifestação a aprovação da Reforma da Previdência, do Pacote Anticrimes do Ministro Sérgio Moro e da Operação Lava Toga. “O efeito Bolsonaro já causou a redução de 25% dos homicídios em nosso país nos primeiros meses de 2019, se essa redução continuar teremos em média 15 mil vidas poupadas este ano. As medidas colocadas em prática pelos governos de esquerda nos últimos anos tratavam os criminosos como vítimas da sociedade e os cidadãos trabalhadores como marginais, isso levou o Brasil a registrar o número alarmante de mais de 60 mil homicídios por ano, portanto a aprovação do Pacote Anticrimes do Moro é essencial para alcançarmos a redução real dos índices de violência em nosso país e a aprovação da Reforma da Previdência é imprescindível para que a economia volte a crescer, gere empregos, tenha recursos para investimento na educação, na saúde e na infraestrutura. O comportamento mercenário de nossos legisladores tem colocado em risco tudo isso, motivo pelo qual a nação irá às ruas no próximo domingo para mostrar que “Todo Poder Emana Do Povo” e não de certos políticos desonestos e de certas corporações predatórias”, encerrou Abelardo Silva.



Por Assessoria  


Deixe seu comentário

PREENCHA SEUS DADOS ABAIXO

Suas informações pessoais não serão divulgadas.


Comentários 1

Rosângela

22/05/2019 às 05:58

Arapiraca está de parabéns.