Notícias / América do Sul


Imprimir notícia

22/11/2020 08:44 - Atualizado em 22/11/2020 08:45

Argentinos desenterram carne estragada para comer

 

A crise gerada pela pandemia do coronavírus levou moradores de Puerto Iguazú, na Argentina a desenterram carne de frango para comer. As carnes foram apreendidas pela prefeitura e não estavam próprias para o consumo, mesmo assim, os moradores com crianças se arriscaram por causa da fome.

No último dia 16, foi informado que polícia local apreendeu cerca de 1.200 caixas de frangos no bairro Altos del Paraná no Antigo Clube de Pesca no valor aproximado de dois milhões de pesos.

Esta mercadoria apreendida foi enterrada nas dependências da Terceira Seção da Polícia da Província de Misiones localizada na área de 2.000 hectares de Puerto Iguazú, pelo Serviço Nacional de Segurança Alimentar (SENASA) em conjunto com a colaboração ao Município de Iguaçu.

O vídeo mostra algumas pessoas escavando a terra onde carnes e pés de frango foram enterrados pelas autoridades sanitárias. As cenas bárbaras mostram pessoas famintas desenterrando a comida estragada, usando enxadas, picaretas e as próprias mãos.


Gazeta Brasil
 


Deixe seu comentário

PREENCHA SEUS DADOS ABAIXO

Suas informações pessoais não serão divulgadas.


Comentários 0

Ainda não há comentários nesta matéria.