Notícias / Alagoas


Imprimir notícia

11/02/2020 04:04 - Atualizado em 11/02/2020 04:07

Calote do governo de Alagoas atrasa o início do ano letivo em Maceió

 

Quase mil alunos do Graciliano Ramos e dos bairros vizinhos, que estudam na Escola Estadual Professora Maria Lúcia Lins de Freitas e deveriam ter voltado às aulas hoje, protestaram na manhã desta segunda-feira (10) para cobrar o pagamento do aluguel e o retorno às aulas. Eles pedem uma solução para evitar um maior prejuízo logo no início do ano letivo.

Além do atraso no aluguel, os estudantes reclamam da precariedade em algumas salas, já que há mesas e cadeiras em péssimas condições de uso pelos alunos. Mesmo com as adversidades, eles reforçam o apelo por uma solução rápida para evitar maiores prejuízos.

Após o protesto dos estudantes e familiares, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) se comprometeu a efetuar o pagamento de três meses de aluguel até a próxima sexta-feira (14). O restante do pagamento deverá ser efetuado em março. Com o anúncio da secretaria, a direção da escola anunciou que as aulas começarão nesta terça-feira (11).


Gazetaweb


 


Deixe seu comentário

PREENCHA SEUS DADOS ABAIXO

Suas informações pessoais não serão divulgadas.


Comentários 0

Ainda não há comentários nesta matéria.