Notícias / Polícia


Imprimir notícia

27/02/2020 08:53 - Atualizado em 27/02/2020 09:00

Carnaval de Alagoas registra aumento de 70% no número de assassinatos

 

O levantamento de ocorrências policiais registradas pelo Núcleo de Estatística e Análise Criminal – publicado no portal da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) – aponta aumento assustador de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) ocorridos no carnaval de Alagoas. Os municípios alagoanos contabilizaram 34 assassinatos, um aumento de 70% em relação ao ano passado, que teve 20 casos.

No carnaval ocorreram 33 homicídios e um feminicídio e, segunda-feira (24), o dia mais violento com onze assassinatos. Chama a atenção também a quantidade de tentativas de homicídios, foram 33, de acordo com boletim da SSP. As autoridades da Segurança Pública ainda não apresentaram as estatísticas oficiais sobre o carnaval em Alagoas, mas os relatórios da Polícia Militar confirmam que a violência reinou durante os dias de folia.

Os casos de homicídios e tentativas de assassinato ocorreram principalmente nos bairros da parte alta de Maceió – Benedito Bentes, Cidade Universitária e Clima Bom. Nessas localidades a violência avança há anos. Crimes também ocorreram principalmente nos municípios do Agreste alagoano, Arapiraca e São Sebastião. No último dia de carnaval, na terça-feira (25), um crime chocou os alagoanos. Uma adolescente de 16 anos foi assassinada e – pelas informações iniciais sobre o caso – o autor do disparo foi o ex-namorado. Joice Narile Cândido da Silva Santana foi baleada na cabeça.

A violência contra mulheres também aparece nas estatísticas da SSP, com 141 agredidas este ano, um aumento de 27% em relação a 2019. Já no primeiro dia de carnaval, na sexta-feira (21), a violência culminou no assassinato de dois homens e uma tentativa de homicídio em Maceió, ocorrências que aconteceram nos bairros Centro, Santa Amélia e Clima Bom. Todas as vítimas foram feridas ou mortas a tiros.

Em São Sebastião, um homem de 36 anos também foi baleado. Na noite de sábado (22), três jovens foram atendidos em um ambulatório após serem feridos por arma de fogo. No mesmo dia, um rapaz de 24 anos foi executado em via pública de Messias. Foram seis homicídios somente no sábado de carnaval, um deles, homem foi morto após levar golpes na cabeça, em Arapiraca, e um adolescente de 15 anos assassinado a facadas e tiros no bairro Cidade Universitária, em Maceió.

Nesse mesmo dia, ocorreram nove casos de tentativa de homicídio em Alagoas. No domingo (23), policiais militares registraram atentado a uma família em São Sebastião. Um homem de 41 anos que guiava motocicleta na zona rural do município foi assassinado a tiros, já a esposa de 24 anos e o filho de seis anos ficaram feridos. Os tiros foram deflagrados por criminosos que estavam em um carro. Em 2019, o carnaval em Alagoas deixou um saldo de vinte assassinatos, segundo dados divulgados ano passado pela Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP/AL), com base no Núcleo de Estatística e Análise Criminal.

ACIDENTES CRESCERAM NAS RODOVIAS ESTADUAIS
O Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) apresentou um balanço das ocorrências nas rodovias estaduais. De sábado (22) a terça-feira de Carnaval (25) foram 22 acidentes de trânsito, com três óbitos e vinte vítimas não fatais. As aç ões das guarnições culminaram em onze CNHs recolhidas, quarenta e nove veículos removidos e 696 autuações. No ano passado, segundo estatística do BPRv, foram quatorze acidentes de trânsito nas rodovias estaduais, nenhum óbito e dez vítimas não fatais.

Em 2019, duas pessoas foram autuadas por embriaguez ao volante – mesma quantidade deste ano – assim como o mesmo número de prisões. O levantamento das ocorrências nas rodovias federais será divulgado nesta quinta-feira (27), segundo assessoria de comunicação da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Assim como os dados gerais de ocorrências atendidas pelo Corpo de Bombeiros Militar (CBM)


Gazetaweb 


Deixe seu comentário

PREENCHA SEUS DADOS ABAIXO

Suas informações pessoais não serão divulgadas.


Comentários 0

Ainda não há comentários nesta matéria.