24/06/2018 21:27 - Atualizado em 24/06/2018 21:30

Com gols no fim, CRB e Paysandu empatam em 1 a 1

 

O CRB abriu o placar nos acréscimos do segundo tempo com Anderson Conceição, mas Magno igualou no último lance e decretou o empate em 1 a 1 com o Paysandu na noite deste sábado (23), no Estádio Rei Pelé, em Maceió, pela 12ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Com o ponto conquistado, o Galo agora tem 12 e está na 18ª colocação. O Paysandu foi aos 17 pontos e ocupa a sétima posição.

Próxima rodada

O Regatas já joga nesta terça (26) contra o Goiás, às 21h30, no Estádio Olímpico, em Goiânia. O Paysandu só entra em campo no próximo sábado (30) diante do Fortaleza, no Mangueirão, em Belém.

Poucas chances

A primeira etapa não reservou muitas chances de gol entre CRB e Paysandu. Num confronto mais tático proporcionado pelos técnicos Jr. Rocha e Dado Cavalcanti, o Galo esteve mais presente no ataque, enquanto o Papão se dedicou ao contra-ataque. Aos 13', Mazola recebeu cruzamento, soltou uma bomba rasteiro e Renan salvou o Papão com o pé.

Aos 33', Diego Rosa acionou Neto, mas o atacante não alcançou a bola na área. O Paysandu teve boa chance aos 35'. Mateus Muller arrancou, abriu espaço para o chute na entrada da área regatiana, só que finalizou fraco e facilitou a defesa de João Carlos.

Gols nos acréscimos

O Papão voltou bem do intervalo. Logo aos 4', Dionatha experimentou de fora e a bola passou perto. Dois minutos depois, o camisa 19 testou João Carlos em cobrança de falta e o goleiro defendeu em dois tempos. Com Willians Santana na vaga de Diego Rosa ainda no imtervalo, o CRB demorou a encaixar. Aos 15', Santana cruzou e Lucas por pouco não completou. Aos 24', Lucas ficou com a bola na área, rolou e Claudinei assustou Renan em chute no canto.

O Paysandu respondeu muito bem no lance seguinte. Moisés tirou a zaga do Regatas de cena, meteu a bomba e João Carlos fez belíssima defesa. A bola ainda bateu na trave e a defensiva alvirrubra afastou. Com o empate encaminhado, as emoções ficaram para o fim. Aos 45', Neto Baiano mandou um canudo de falta e Renan tirou. Na sequência do escanteio. Rafael Carioca alçou na área e Anderson Conceição cabeceou para abrir o placar e fazer explodir o Rei Pelé. Só que não deu para comemorar. Aos 48', no último lance, a defesa do CRB cochilou, Magno testou por cima de João Carlos e decretou o empate no Trapichão.

Ficha técnica

CRB

1- João Carlos
2- Edson Ratinho
3- Everton Sena
4- Anderson Conceição
6- Rafael Carioca
5- Claudinei
8- Lucas
7- Diego Rosa (22- Willians Santana, no intervalo)
10- Leílson (16- Tinga, aos 22' do 2º tempo)
11- Mazola (21- Alípio, aos 43' do 2º tempo)
9- Neto Baiano

Técnico: Júnior Rocha

Banco: 12- Edson Mardden, 13- Márcio, 14- Flávio Boaventura, 15- Diogo Matheus, 16- Tinga, 17- Luiz Otávio, 18- Serginho, 19- Diego, 20- Bruno Paulo, 21- Alípio, 22- Willians Santana e 23- Rafael Costa.

Paysandu

1- Renan Rocha
13- Matheus Silva
30- Edimar
4- Diego Ivo
34- Mateus Muller
5- Renato Augusto
14- Nando Carandina
17- Claudinho (18- Mike, aos 34' do 2º tempo)
10- Thomaz (20- Pedro Carmona, aos 41' do 2º tempo)
11- Moisés
19- Dionatha (31- Magno, aos 21' do 2º tempo)

Técnico: Dado Cavalcanti

Banco: 12- Marcão, 2- Maicon Silva, 8- Alan Calberg, 18- Mike, 20- Pedro Carmona, 28- Cáceres, 31- Magno, 37- Fernando Timbo e 38- Renan Gorne.

Cartão amarelo
CRB: Everton Sena.
Paysandu: Nando Carandina, Moisés, Diego Ivo, Pedro Carmona.

Gols
CRB: Anderson Conceição (46' do 2º tempo)
Paysandu: Magno (48' do 2º tempo).

Arbitragem
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (CBF/RN);
Auxiliar 1: Vinícius Melo de Lima (CBF/RN);
Auxiliar 2: Flávio Gomes Barroca (CBF/RN);
4º árbitro: José Reinaldo Figueiredo (CBF/AL).



TNH1