Notícias / Polícia


Imprimir notícia

05/11/2018 18:02 - Atualizado em 05/11/2018 18:04

Comandante do 3º BPM recebe elogios e destaca tropa da unidade em reunião na SSP

 

O Tenente Coronel Ênio Bolivar, comandante do 3º Batalhão de Polícia Militar, situado em Arapiraca, participou na tarde desta segunda-feira (05/11) da mesa de situação, na sede da Secretaria de Segurança Pública (SSP) de Alagoas.

A reunião contou com a participação do comandante geral da Polícia Militar de Alagoas, Coronel Marcos Sampaio, do secretário de segurança pública, Coronel Lima Júnior e do diretor geral da Polícia Civil em Alagoas, delegado Paulo Cerqueira, além de outros oficiais da PMAL.

Na oportunidade o comandante do batalhão Guardiões do Agreste, foi parabenizado pelos números alcançados pela unidade militar no mês de outubro, no combate à criminalidade em Arapiraca e demais cidades da região que o batalhão abrange.

“O trabalho desempenhado pela tropa do 3º BPM tem sido bastante destacado. Os números de homicídios e CVP na região só tem caído, as apreensões de drogas e armas, além das recuperações de veículos com queixa de roubo/ furto tem aumentado mês à mês. Esses números são graças ao empenho e dedicação de cada um dos militares que arriscam suas próprias vidas para proteger os cidadãos da região. Deixo aqui o meu agradecimento a cada um dos bravos militares da unidade e que possamos cada vez mais trabalhar focado na diminuição da criminalidade no Agreste de Alagoas”, destacou o oficial.

No mês de outubro foi registrado um recorde com relação aos números de homicídios em Arapiraca e toda a região de abrangência do BPM. Em Arapiraca, foram registrados apenas três CVLIs, já nos outros municípios de alcance do batalhão apenas cinco crimes violentos letais foram contabilizados, um total de oito em todo o mês de outubro na região. Foi o menor número de CVLI’s nos 36 anos de história do Batalhão Guardiões do Agreste. 


Por Assessoria


Deixe seu comentário

PREENCHA SEUS DADOS ABAIXO

Suas informações pessoais não serão divulgadas.


Comentários 0

Ainda não há comentários nesta matéria.