Notícias / Alagoas


Imprimir notícia

27/05/2020 06:33 - Atualizado em 27/05/2020 06:35

Covid é mais letal em bairros pobres de Maceió, diz IBGE

 

Levantamento feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que bairros considerados mais pobres de Maceió registram mais óbitos em decorrência do novo coronavírus (Covid-19). Bairros como Benedito Bentes, Vergel do Lago, Ponta Grossa e Cidade Universitária, onde a maioria da população depende exclusivamente do Sistema Único de Saúde (SUS), são os locais onde a doença tem causado mais vítimas fatais.

Já Ponta Verde e Jatiúca, que estão colocados em terceiro e quarto lugar entre os bairros com mais casos confirmados e tem uma população mais envelhecida, nem sequer estão entre os dez locais com a maior quantidade de mortes.

O Benedito Bentes, maior e mais popular bairro da capital alagoana, conta com um número de casos confirmados parecido (225 casos, contra 224 e 223 da Jatiúca e Ponta Verde). No entanto, registra 18 óbitos, consagrando-se como o local com a maior quantidade de mortes em Maceió. Além dele, os demais com maior registro de mortes por Covid-19 são: Vergel do Lago, Ponta Grossa e Cidade Universitária (todos com 13 casos).

Em relação à região Metropolitana da capital, Satuba é a cidade com maior incidência de óbitos (36,16 mortes para 100 mil habitantes), além de ser ter também o maior número de casos confirmados (838,9 pessoas contaminadas para cada 100 mil habitantes). Logo após, o município de Santa Luzia do Norte aparece em segundo lugar (740,1) e, em terceiro, Jequiá da Praia (449,1). A capital alagoana somente aparece em quinto lugar, com um índice de 377,6 casos por 100 mil habitantes. Os números não incluem os novos casos confirmados ontem, nem também os novos óbitos registrados.

Gazeta de Alagoas 


Deixe seu comentário

PREENCHA SEUS DADOS ABAIXO

Suas informações pessoais não serão divulgadas.


Comentários 0

Ainda não há comentários nesta matéria.