Notícias / Esporte


Imprimir notícia

04/08/2020 09:08 - Atualizado em 04/08/2020 09:11

CRB bate o ASA e decide o título com o CSA

 

Nos pênaltis, o CRB venceu o ASA, por 3x1, após empate por 0x0 no tempo normal, na noite desta segunda-feira (3), no Estádio Rei Pelé, pela semifinal do Campeonato Alagoano. Agora o Galo vai decidir o título estadual com o CSA, que venceu o Murici, na outra semi, disputada à tarde, também no Trapichão.

Nas cobranças de pênaltis, Leo Gamalho, João Carlos e Felipe Menezes fizeram para o CRB; e Leandro Cearense fez para o ASA. E perderam Gum e Erik (CRB); e Allyson, Martony e Eberson (ASA).

A grande final, entre CSA e CRB, já será nesta quarta (5) à noite, no Rei Pelé. E a decisão do 3º e 4º lugares, entre Murici e ASA, ocorrerá às 16h, no mesmo estádio.

O jogo
No 1º tempo, o CRB começou no ataque e teve um escanteio que Erik cobrou, Ewerton Páscoa disputou pelo alto, mas a zaga alvinegra afastou, aos 2 minutos. O ASA jogava atrás, esperando o Galo, que botava pressão. Aos 5', de novo Erik cobrou escanteio, Léo Gamalho cabeceou sozinho, mas foi nas mãos de Deola.

O CRB se postava no ataque, dominava as ações e valorizava a posse de bola. Quanto ao ASA, jogava recuado e tentava ir nos contra-ataques. Uma boa chegada do Galo foi aos 12?. Magno Cruz entrou na área do ASA, passou a Diego Torres, que chutou prensado e desperdiçou.

Aos 19', em cobrança de falta, Diego Torres levantou, Léo Gamalho subiu, mas Deola afastou de soco. Aos 21', Diego Torres recebeu passe de Erik no meio da área, soltou a bomba e Deola fez uma defesa sensacional. Aos 33', Lucas Mendes cruzou, Deola afastou, Erik pegou o rebote, chutou forte, mas bateu na defesa.

O ASA chegou aos 35', quando Natan arriscou o chute, mas a bola foi para fora. Aos 42', o Alvinegro teve um escanteio cobrado por Jakinha, a bola foi desviada e foi para fora. O CRB respondeu aos 46', quando Léo Gamalho cabeceou sozinho e Martonny cortou quase na linha do gol. Ainda aos 46', Erik mandou na área, Magno Cruz dominou no peito e soltou a bomba, mas Deola fez outra grande defesa. A etapa inicial foi até os 50 minutos e ficou mesmo no 0 a 0.

O SEGUNDO TEMPO

No 2º tempo, o jogo foi paralisado aos 5 minutos, pois parte dos refletores do estádio apagou, mas aos 9 minutos voltou e foi reiniciado.

Só dava CRB na partida, que fazia uma verdadeira blitz. Aos 14', teve uma boa chance. Erik achou Diego Torres, completamente livre, nas costas da defesa do ASA, e o meia soltou uma bomba, mas para fora. Aos 15', foi a vez de Magno Cruz, que apareceu livre na área, chutou e a bola foi por cima da trave.

Aos 20', Diego Torres recebeu de Claudinei e chutou prensado. A bola foi para fora. Aos 26', o Galo perdeu uma chance incrível! Erik soltou um torpedo do meio da rua e a bola foi na trave.

O ASA teve uma falta aos 36'. Sapé bateu direto para o gol, Victor Souza se esticou e mandou para escanteio. E o Alvinegro teve um jogador expulso: Jakinha, aos 38', pois já tinha cartão amarelo e recebeu o segundo.

Aos 41', o CRB, que pressionava, chegou com Igor Cariús. Ele chutou forte e Deola salvou de novo. O Galo insistia e o ASA se segurava enquanto podia, no finalzinho. O jogo foi até os 55 minutos e, com o 0 a 0, a decisão foi para os pênaltis. E deu CRB por 3 a 1 no final.

CRB - Victor Souza; Lucas Mendes (João Carlos), Gum, Ewerton Páscoa e Igor Cariús; Claudinei, Jatobá (Thiaguinho) e Diego Torres (Menezes); Magno Cruz (Luidy), Léo Gamalho e Erik. Técnico: Marcelo Cabo.

ASA - Deola; Wander, Charles, Martony e Jakinha; Moreilândia, Éberson, Natan (Lucas Cunha) e Sapé; Maranhão (Gabriel) (Thawan) (Allyson) e Leandro Cearense. Técnico: Léo Goiano.

Árbitro - Wilton Pereira Sampaio (Fifa-GO). Auxiliares - Bruno Raphael Pires-GO e Fabrício Vilarinho da Silva-GO.


Gazetaweb 


Deixe seu comentário

PREENCHA SEUS DADOS ABAIXO

Suas informações pessoais não serão divulgadas.


Comentários 0

Ainda não há comentários nesta matéria.