13/10/2020 09:18 - Atualizado em 13/10/2020 09:22

CSA busca mais uma vitória na Série B

 

Rebaixados da Série A na temporada passada e vivendo seu melhor momento na edição 2020 da Série B do Brasileirão, CSA e Avaí têm seus caminhos cruzados nesta terça-feira (13), na Ressacada, em Florianópolis-SC, às 19h15. O duelo é parte da programação da 16ª rodada da competição.

Após a goleada sobre o Paraná no último fim de semana, o CSA, enfim, conseguiu a tão esperada reabilitação na Série B. Depois de conquistar 15 pontos nos últimos 18 possíveis, o Azulão, agora, figura na 10ª posição da tabela, com 19 pontos. Já o Avaí segurou o Vitória-BA fora de casa, por 2 a 0, e alcançou 22 pontos, ficando apenas a dois do G4, em 7º lugar.

CSA
Após o chocolate de 4 a 0 sobre o Paraná, o elenco do CSA se reapresentou na tarde de domingo (11) e treinou no CT do Nelsão. Os jogadores que atuaram no confronto fizeram um trabalho na academia. Os demais foram para o gramado. Ainda no domingo, a delegação embarcou para Santa Catarina.

Na 10ª posição na tabela de classificação, com 19 pontos (seis vitórias, um empate e sete derrotas), o CSA está, exatamente, no meio do caminho entre a região de acesso para Série A e a zona de degola. A equipe também tirou o saldo de gols do negativo. Agora, são dois positivos: marcou 20 e sofreu 18.

Com pouco tempo de preparação, o técnico Mozart Santos deve manter o time que iniciou o jogo contra o Paraná. O desfalque será o atacante Pedro Júnior, que vai cumprir suspensão pelo terceiro cartão amarelo.

O CSA deve entrar em campo com: Matheus Mendes; Diego Renan, Cleberson, Luciano Castán e Rafinha; Geovane, Yago e Nadson; Andrigo, Rodrigo Pimpão e Paulo Sérgio.

Avaí
No sábado (10), atuando em Salvador, o Avaí bateu, de virada, o Vitória, por 2 a 1, e os catarinenses chegaram aos 22 pontos (sete vitórias, um empate e sete derrotas), o que os levou à sétima colocação na tabela de classificação.

Em entrevista coletiva, o técnico Geninho destacou o empenho dos jogadores durante os 90 minutos. Depois de sofrer o gol, o time mostrou poder de reação e conseguiu a virada.

"Estamos trabalhando para melhorar, cada vez mais, o desempenho da equipe. Gostaria que nós atingíssemos um estágio em que pudéssemos jogar com aquela intensidade os 90 minutos. Pode ser que, em algum momento, a gente consiga", destacou.

O Avaí deve entrar em campo com: Lucas Frigeri; Iury, Rafael Pereira, Airton e João Lucas; Jean, Ralf e Valdívia e Pedro Castro; Gastón Rodriguez e Getúlio.

Arbitragem
Vinicius Furlan será o árbitro. Ele será auxiliado por Miguel Cataneo Ribeiro da Costa e Vitor Carmona Metestaine. O trio é de São Paulo. Edson da Silva (CD) será o quarto árbitro. Eberval Lodetti (CBF) será o analista de campo. A dupla é de Santa Catarina.

Gazetaweb