Notícias / Esporte


Imprimir notícia

06/06/2018 05:56 - Atualizado em 06/06/2018 05:59

CSA é derrotado pelo Guarani e perde a chance de avançar na Série B

 

O CSA tem trocado a ordem natural das coisas no Brasileiro da Série B, ao conquistar pontos fora de casa e perder nos seus domínios. Na noite desta terça-feira (05), mesmo com chuva, a torcida azulina compareceu ao Rei Pelé e assistiu o time alagoano ser derrotado de virada para o Guarani por 2 a 1 e mais do que isso, se consolidar no G4 da competição nacional.

Mesmo com a derrota, o CSA segue na vice-liderança da competição com 18 pontos, mas já tem cinco atrás do Fortaleza e apenas um na frente do Coritia. Agora, o time azulino vai focar as atenções no CRB, no clássico de sábado no Rei Pelé.

O JOGO

O CSA começou bem o jogo, cercando o time do Guarani, mas logo aos 13 minutos sofreu uma baixa preocupante. O time visitante foi ao ataque, a bola parecia fácil para Xandão, que tentou recuar para o goleiro Cajuru. O arqueiro azulino foi pego no contrapé, e acabou machucando o joelho esquerdo, deixando o campo e sendo substituído por Mota.

A equipe da casa precisou superar a saída do goleiro titular e minutos depois, mais precisamente aos 26, abriu o placar. Rafinha bateu falta da intermediária, a boal resvalou na defesa do “Bugre” e morreu no fundo das redes, enganando o goleiro Bruno Brígido.

Aos poucos o Guarani foi administrando a posse de bola e segurando o ímpeto do CSA. A equipe paulista ainda assustou com Ricardinho e Éverton Alemão, mas nada conseguiu. Final do primeiro tempo, CSA 1 x 0 Guarani.

Na volta para o segundo tempo o CSA tornou a pressionar e ficou muito perto de marcar o segundo com Michel Douglas. O atacante aproveitou cruzamento na área e exigiu boa defesa do goleiro adversário.

Mas o equilíbrio mostrado no primeiro tempo se consolidou. O Guarani chegou ao empate, quando o relógio marcava 12 minutos. Guilherme recebeu na área, a defesa vacilou e o atleta adversário encheu o pé. Tudo igual.

O CSA sentiu o golpe e aos 14 minutos, o “Bugre” empatou em falha do goleiro Mota. Rafael Longuine cruzou na área e contou com o goleiro azulino adiantado demais, falhando no gol. 1 x 2.

O tempo passava e o CSA ia amargando a segunda derrota consecutiva em casa. O time marujo pressionava de forma desorganizada, por isso não conseguia chegar com perigo.

O árbitro assinalou quatro minutos de acréscimo e o CSA conseguiu uma falta na entrada da área. Rafinha bateu forte, a bola passou perto, mas não ajudou a equipe azulina. Final de jogo no Rei Pelé, CSA 1 x 2 Guarani.





Cada Minuto


Deixe seu comentário

PREENCHA SEUS DADOS ABAIXO

Suas informações pessoais não serão divulgadas.


Comentários 0

Ainda não há comentários nesta matéria.