25/03/2018 06:51 - Atualizado em 25/03/2018 06:53

CSA marca no último lance e consegue classificação histórica sobre o ASA

 

O CSA conseguiu a classificação para a final do Campeonato Alagoano na tarde deste sábado de forma emocionante. Após sofrer o empate nos acréscimos do segundo tempo, o azulão do Mutange marcou aos 51 minutos contra o ASA, levando a torcida no estádio Rei Pelé a loucura e levando o time mandante à decisão.

Na ida, o ASA havia vencido o CSA por 1 a 0, mas o CSA jogava por dois resultados iguais, já que fez melhor campanha geral no torneio. Com o 2 a 2 no agregado, o CSA avança à final e aguarda o duelo entre CRB e Coruripe, que se enfrentam neste domingo, para saber quem irá enfrentar na decisão.

O ASA resolveu se defender na primeira etapa. Mesmo assim, o CSA conseguiu algumas boas chegadas, quase marcando com Didira aos 25 minutos e com Josimar aos 40 minutos. Aos 47, Didira acertou o travessão do ASA. O melhor lance do Fantasma na etapa inicial foi aos 39 minutos, quando Juliano chutou para defesa de Cajuru e Cal desperdiçou no rebote.

O jogo voltou quente do intervalo, com os dois times tendo boas chances nos primeiros minutos. As melhores oportunidades seguiram sendo do CSA, que abriu o placar para botar fogo no jogo aos 27 minutos, quando Leandro Souza cabeceou, a bola desviou em Caíque e morreu no fundo das redes.

O ASA se abriu para buscar o resultado após sofrer o gol e o time conseguiu o empate aos 47 minutos. Jean Carlos fez jogada individual e chutou para defesa do goleiro, mas o próprio Jean pegou rebote e marcou de cabeça. Mas quem achou que as emoções haviam acabado se enganou.

O CSA pressionou e foi buscar o empate aos 51 minutos do segundo tempo. Boquita pegou rebote de fora da área e soltou o pé, contando com desvio para garantir a classificação para o time da casa, de forma emocionante.

Ficha técnica

CSA

12- Cajuru
2- Lennon
3- Leandro Souza
4- Xandão
6- Rafinha
5- Yuri
8- Boquita
17- Echeverría (20- Taiberson, aos 18′ do 2º tempo)
10- Daniel Costa (16- Dawhan, aos 31′ do 2º tempo)
19- Didira (13- Celsinho, aos 36′ do 2º tempo)
9- Josimar

Técnico: Marcelo Cabo

ASA

1-Dida
2- Chiquinho Alagoano
3- Caíque
4- Lucas Bahia
6- Lucas Piauí
5- Cal
8- Luiz Gustavo (18- Wesley, aos 36′ do 2º tempo)
7- Juliano (20- Isaías, no intervalo)
10- André Beleza
11- Caaporã (21- Jean Carlos, aos 23′ do 2º tempo)
9- Rômulo

Técnico: Jaelson Marcelino

Arbitragem
Árbitro: Wagner Reway (FIFA/MT);
Auxiliar 1: Alessandro Alvaro R. Matos (CBF/BA);
Auxiliar 2: Bruno Broschilla (FIFA/PR);
4º árbitro: Regildenia de Holanda Moura (FIFA/SP). 



Top Esporte