06/07/2018 10:24 - Atualizado em 06/07/2018 10:29

CSA vence o Brasil-RS em Pelotas e reassume a vice-liderança

 

Na fria cidade de Pelotas, o CSA venceu o Brasil-RS por 2 a 0 na noite desta quinta-feira (5), no Estádio Bento de Freitas, no Rio Grande do Sul, e voltou para a vice-liderança da Segundona. O jogo valeu pela 14ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Daniel Costa e Rafinha marcaram os gols no primeiro tempo.

O Azulão quebrou a sequência de cinco jogos sem vitória, alcançou os 25 pontos e reassumiu o segundo lugar na tabela. O Brasil-RS permaneceu com 13 pontos e caiu para a 19ª posição.

Próxima rodada

O Xavante segue jogando em casa e recebe o Juventude na sexta-feira (13), às 18h, no Bentão. O CSA retorna a Maceió e encara o Sampaio Corrêa também na sexta (13), às 21h30, no Estádio Rei Pelé.

Azulão na frente

A baixa temperatura no Sul do País não intimidou o time alagoano. Depois de suportar ligeira pressão nos primeiros 10 minutos, o CSA se organizou em campo e iniciou as ações. Destaque da noite, Didira completou 100 jogos oficiais com a camisa azulina e quase abriu o placar aos 17'. O meia limpou a marcação, chutou colocado e não marcou por pouco. No lance seguinte, Rafinha cruzou, Michel cabeceou e Pitol encaixou.

O Xavante revidou e começou a testar Frigeri, estreante do dia. Aos 22', Éder Sciola levantou na área, a bola ganhou velocidade e o goleiro precisou se esticar para dar um tapa na bola e evitar o gol. Aos 29', Sousa soltou o pé de longe e assustou o camisa 1 marujo. Mais eficiente, o Azulão balançou as redes aos 32'. Rafinha cruzou, Daniel Costa emendou de canhota e acertou o ângulo. Golaço. O Brasil contra-atacou com finalização para fora, mas quem marcou de novo foi o CSA. Calyson errou na hora de dominar, Rafinha roubou a bola, finalizou por baixo, venceu Pitol e anotou o segundo dos visitantes.

Vitória e vice-liderança

A etapa final começou com um susto na defesa alagoana. Frigeri saiu mal do gol e o Xavante não aproveitou o vacilo. Aos 12', o goleiro se redimiu. Sciola cruzou na medida, Luiz Eduardo testou e o goleiro caiu no canto para espalmar. O CSA respondeu em chute de Rafinha, mas a bola foi para fora. Aos 17', Pereira bateu falta direto e Frigeri afastou. Perigoso, o Azulão chegou com Didira, que cabeceou na pequena área para defesa providencial de Pitol. O meia pegou o rebote e marcou o terceiro, mas o bandeira Elicarlos Franco assinalou impedimento.

Com o resultado favorável, Marcelo Cabo recuou o time. Del Pozzo mexeu no Xavante e mandou a equipe para cima. Aos 30', Michel escorou de cabeça e acertou o travessão. Cabo colocou Yuri, Roger e Dawhan em campo e fechou a porta para o adversário. O CSA esperou o tempo passar, voltou a vencer e reassumiu a vice-liderança da Série B.

Ficha técnica

Brasil-RS

1- Marcelo Pitol
2- Éder Sciola
3- Leandro Camilo
4- Willian Machado
6- Bruno Collaço
5- Leandro Leite
8- Sousa (21- Kaio, aos 30' do 2º tempo)
7- Calyson (18- Michel, aos 13' do 2º tempo)
10- Pereira (22- Toty, aos 23' do 2º tempo)
11- Mossoró
9- Luiz Eduardo

Técnico: Gilmar Dal Pozzo

Banco: 12- Carlos Eduardo, 13- Gustavo Bastos, 14- Rafael Vitor, 15- Tiago Cametá, 16- Zé Augusto, 17- Itaqui, 18- Michel, 19- Lourency, 20- Maicon Assis, 21- Kaio, 22- Toty e 23- Wellington Júnior.

CSA

1- Lucas Frigeri
22- Celsinho
3- Leandro Souza
4- Xandão
6- Rafinha
5- Edinho
8- Ferrugem (15- Yuri, aos 30' do 2º tempo)
7- Niltinho
10- Daniel Costa (13- Roger, aos 33' do 2º tempo)
19- Didira
9- Michel (14- Dawhan, aos 40' do 2º tempo)

Técnico: Marcelo Cabo

Banco: 31- Mota, 13- Roger, 14- Dawhan, 15- Yuri, 16- Juan, 17- Echeverría, 18- Walter, 20- Taiberson e 11- Hugo Cabral.

Gols
CSA: Daniel Costa (32' do 1º tempo) e Rafinha (40' do 1º tempo).

Cartão amarelo
Brasil-RS: Sousa, Willian Machado.

Arbitragem
Árbitro: Jailson Macedo Freitas (CBF/BA);
Auxiliar 1: Elicarlos Franco de Oliveira (CBF/BA);
Auxiliar 2: Jucimar dos Santos Dias (CBF/BA);
4º árbitro: Jonathan Benkenstein Pinheiro (CBF/RS).



TNH1