Notícias / Agreste


Imprimir notícia

14/07/2020 11:14 - Atualizado em 14/07/2020 11:16

Cuba se destaca no combate à Covid com hidroxicloroquina

 

Cuba se destacou como um dos países mais capacitados do mundo no combate a pandemia de coronavírus. Com 2.420 casos confirmados, 87 mortes e 2.254 pacientes recuperados, o país relacionou o resultado positivo a aplicação de doses baixas de hidroxicloroquina no estágio inicial da covid-19.

“Estamos cientes das polêmicas em torno deste produto. Os médicos aqui em geral têm uma boa opinião dos resultados alcançados, desde que sejam usados ​​precocemente em doses baixas e somente em pacientes sem comorbidades, o que pode ser complicado pela hidroxicloroquina”, disse consultor do presidente da BioCubaFarma, Augustin Lage Davila.

Ele disse que Cuba continuará a usar o medicamento nos “poucos pacientes ativos” restantes no país, embora “não seja o principal” componente do protocolo cubano, mas um grande aliado unido a outros remédios importantes.

A BioCubaFarma é uma organização indústrias de biotecnologia e farmacêutica que gerencia e coordena os esforços nacionais para produzir medicamentos e equipamentos médicos, com 34 empresas. Três brigadas médicas compostas por 11 colaboradores foram enviadas do país para atuar na Guiné Equatorial, São Tomé e Príncipe e Serra Leoa.

Macias Abraham, diretor do Instituto de Hematologia e Imunologia de Havana destaca também que “a transfusão de plasma convalescente é um tratamento seguro e eficaz”, mas devido o quadro de evolução rápida da doença há a necessidade de que o paciente com coronavírus seja tratado “o mais rápido possível”.


Relevante.news 


Deixe seu comentário

PREENCHA SEUS DADOS ABAIXO

Suas informações pessoais não serão divulgadas.


Comentários 0

Ainda não há comentários nesta matéria.