Notícias / Política


Imprimir notícia

18/09/2018 08:24 - Atualizado em 18/09/2018 08:25

Delegado da PF entra na disputa contra reeleição Renan Filho

 

O delegado federal aposentado José Pinto de Luna entrou na disputa pelo Governo de Alagoas, pelo PROS, na coligação que reúne oito partidos de oposição à reeleição de Renan Filho (MDB). A decisão foi tomada hoje (17), três dias depois de o senador Fernando Collor de Mello (PTC) renunciar à candidatura sob a justificativa de falta de reciprocidade de apoio dos aliados.

Pinto de Luna dirigiu a Superintendência da Polícia Federal em Alagoas, na época em que comandou uma das mais emblemáticas ações de combate à corrupção do Estado, a Operação Taturana, contra os desvios de R$ 254 milhões dos cofres da Assembleia Legislativa.

O delegado é natural de São Paulo e mora há mais de dez anos em Alagoas. E sabe do desafio que tem pela frente, contra o herdeiro do senador Renan Calheiros (MDB-AL), que disputa reeleição.

“Vamos disputar sim. Com muita disposição e com os pés no chão. Sabendo que o desafio é enorme. Mas o objetivo primeiro é conseguir ir para o segundo turno. No segundo turno é uma nova eleição”, disse Pinto de Luna.

O candidato do PROS terá como vice o ex-vereador de Maceió Jorge VI Lamenha Lins (PSDB), que substitui o presidente da Câmara da capital alagoana, Kelmann Vieira (PSDB), que renunciou junto com Collor.

Pinto de Luna já disputou duas eleições pelo Partido dos Trabalhadores, em Alagoas; para deputado federal, em 2010; e para deputado estadual, em 2014.

Antes de dirigir a PF em Alagoas, delegado foi responsável pela investigação da morte do ex-prefeito de Santo André(SP), Celso Daniel (PT), e do caso dos dólares na cueca, durante a campanha eleitoral de 2006, quando José Adalberto Vieira da Silva, então dirigente do PT do Ceará foi flagrado com o dinheiro apontado como fruto de propina paga pelo consórcio STN (Sistema de Transmissão Nordeste) para se beneficiar de um financiamento do Banco do Nordeste do Brasil (BNB).

A coligação “Alagoas com o Povo” é formada pelos partidos PTC, PSDB, PP, PSB, PSC, PROS, PRB e DEM. E os candidatos ao Senado na chapa são o deputado estadual Rodrigo Cunha (PSDB) e o senador Benedito de Lira (PP).


Diário do Poder-AL 


Deixe seu comentário

PREENCHA SEUS DADOS ABAIXO

Suas informações pessoais não serão divulgadas.


Comentários 0

Ainda não há comentários nesta matéria.