Notícias / Esporte


Imprimir notícia

25/02/2018 19:28 - Atualizado em 25/02/2018 19:36

Em jogo com polêmica, CSA vence o CEO e lidera o Alagoano

 

O CSA venceu o CEO por 2 a 0 neste domingo (25), no Estádio Edson Matias, em Olho D'Água das Flores, e assumiu a liderança do Campeonato Alagoano. Em decisão polêmica, a arbitragem validou gol de Daniel Costa no fim da primeira etapa; Didira ampliou no segundo tempo. O jogo valeu pela sétima rodada do Estadual. O Portal TNH1 acompanhou a partida.

O CSA alcançou 14 pontos e assumiu a liderança da tabela. O Tricolor permaneceu com 12 pontos e caiu para a terceira colocação.

O Azulão agora se prepara para encarar o CRB no primeiro clássico do ano, no domingo (4), às 16h, no Estádio Rei Pelé, em Maceió. Como sorteado no Conselho Arbitral, o Galo será o mandante da partida. O CEO vai decidir a classificação contra o ASA no mesmo dia e horário, no Estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca. Isso porque na última rodada o Tricolor vai folgar na tabela.

Polêmica

O CSA começou pressionando o CEO pela esquerda. Aos 3', Paulinho cobrou Falta, Giva apareceu sozinho na pequena área, ratou o chute e mandou para fora. O lateral-esquerdo seguiu incomodando. Aos 18', o camisa 26 acertou uma bomba de fora e Eliomar espalmou. O Tricolor respondeu aos 30'. Kiko bateu falta, Felipe tocou de cabeça e Mota defendeu. Dois minutos depois, Kiko finalizou de longe e o goleiro marujo espalmou novamente.

Aos 37', Kível foi acionado pelo alto e escorou para Didira, livre e de frente para o gol, errar o chute e mandar para fora. Aos 45', Daniel Costa subiu pela direita e cruzou. A bola ganhou muita altura e caiu na linha embaixo da trave. Eliomar segurou a redonda, mas entrou no gol com boa parte do corpo. A assistente Maria de Fátima Mendonça viu gol e levantou a bandeira. Os jogadores do CEO partiram para cima da auxiliar. Depois de muita confusão, o árbitro Jonata de Souza Gouveia validou o gol. No final, Daniel Costa ainda acertou bela cobrança de falta e Eliomar voou para impedir o segundo.

Azulão na liderança

O segundo tempo também reservou boas emoções em campo. O CEO começou pressionando. Aos 11', Kiko cobrou escanteio e levou perigo ao gol de Mota. Didira atacou aos 16', mas não acertou. Aos 18', Chiquinho bateu escanteio novamente, Felipe cabeceou e Mota tirou. Mais perigoso, o Tricolor seguiu martelando. Aos 25', Kiko finalizou de longe e a bola explodiu no travessão.

A resposta do Azulão foi fatal. Aos 29', Celsinho tocou para Didira, que ajeitou o corpo e ampliou o placar. Foi o quinto gol do meia na competição. Na reta final, Kiko Alagoano ainda carimbou o travessão de Mota outra vez. Ao término do jogo, o técnico Marcelo conquistou a primeiro vitória sob o comando do CSA e assegurou a liderança do Estadual.

Ficha técnica

CEO

1- Eliomar
2- Baiano
3- Wesley
4- Jesse
6- Chiquinho
5- Jacobina (19- Samilo, aos 30' do 2º tempo)
8- Willians (16- Aurelio, aos 13' do 2º tempo)
7- Jota (15- Helder, aos 22' do 1º tempo)
10- Kiko Alagoano
11- Nona
9- Felipe

Técnico: Elenílson Santos

Banco: 12- Alexandre, 13- Francisco Wesley, 14- José Luís, 15- Helder, 16- Aurélio, 17- Polinho, 18- Gustavo, 19- Samilo, 20- Danilo e 25- Erick.

CSA

31- Mota
2- Celsinho
3- Roger
4- Xandão (13- Rodrigo Lobão, no intervalo)
26- Paulinho
5- Dawhan
8- Yuri
7- Giva
10- Daniel Costa
19- Didira (15- Boquita, aos 34' do 2º tempo)
9- Leandro Kível (18- Michel, aos 20 ' do 2º tempo)

Técnico: Marcelo Cabo

Banco: 1- Dalton, 11- Yago, 13- Rodrigo Lobão, 14- Rony, 15- Boquita, 16- Caíque, 17- Echeverría, 18- Michel e 20- Josimar.

Gols

CSA: Daniel Costa (45' do 1º tempo) e Didira (29' do 2º tempo).

Cartão amarelo

CEO: Jota, Jacobina.
CSA: Didira, Paulinho, Roger.

Arbitragem
Árbitro: Jonata de Souza Gouveia (FAF);
Auxiliar 1: Claudio Camilo da Silva (CBF/AL);
Auxiliar 2: Maria de Fátima Mendonça (CBF/AL);
4º árbitro: Anderson Gomes Leandro (FAF).



TNH1 


Deixe seu comentário

PREENCHA SEUS DADOS ABAIXO

Suas informações pessoais não serão divulgadas.


Comentários 0

Ainda não há comentários nesta matéria.