Notícias / Polícia


Imprimir notícia

24/04/2018 08:36 - Atualizado em 24/04/2018 08:38

Ex-prefeito de Rio Largo, Toninho Lins, é preso em Pernambuco

 

Foi preso no final de tarde desta segunda-feira, 23, o ex-prefeito do município de Rio Largo, Antônio Lins de Souza Filho, o Toninho Lins. A informação foi confirmada pela Polícia Federal de Alagoas (PF/AL), em nota divulgada à imprensa.

O ex-prefeito estava foragido desde março, após ter sua prisão deretada pelo Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL). Ele é acusado improbidade administrativa, fraude a licitação, entre outros crimes, e foi preso no bairro de Torre, em Recife, Pernambuco.

De acordo com a PF, Toninho Lins será submetido a Exame de Corpo de Delito antes de ser encaminhado para o Sistema Prisional Alagoano.

O caso
Antônio Lins teve a prisão decretada no dia 26 de fevereiro deste ano. Ele foi condenado a 16 anos e dois meses de prisão por apropriação de bens públicos, falsificação de documentos, fraude em licitações, entre outros crimes. A imposta pelo Tribunal de Justiça de Alagoas, em setembro de 2016, também inclui o pagamento de multas.

O ex-gestor de Rio Largo aguardava em liberdade o julgamento de um Agravo em Recurso Especial no Superior Tribunal de Justiça (STJ). A Procuradoria Geral da Justiça de Alagoas (PGJ) requereu o início da execução provisória da pena imposta ao réu. O ex-prefeito, por sua vez, argumentou que os efeitos da decisão do Pleno ocorreriam apenas depois do trânsito em julgado.

Ao avaliar o caso, o juiz Maurílio Ferraz deferiu o pedido feito pela Procuradoria, para que fosse dado início à execução provisória da pena. “O processo de execução poder-se-ia iniciar, inclusive, de ofício por impulso deste magistrado, desde que possível o início do cumprimento da pena fixada em ação penal de competência originária do Tribunal de Justiça, quando ainda pendente de julgamento o Agravo em Recurso Especial”, afirmou.

Após a sentença do TJ, datada em fevereiro, a polícia tentou localizar Toninho Lins para executar o mandado de prisão, mas ele não foi encontrado e passou a ser considerado foragido, até sua prisão nesta segunda-feira em Pernambuco.



Cada MInuto 


Deixe seu comentário

PREENCHA SEUS DADOS ABAIXO

Suas informações pessoais não serão divulgadas.


Comentários 0

Ainda não há comentários nesta matéria.