Notícias / Polícia


Imprimir notícia

18/12/2017 10:06 - Atualizado em 18/12/2017 10:08

Filho de juiz é preso após tiroteio, suspeito de assaltos na orla de João Pessoa

 

Um jovem de 25 anos, estudante de Enfermagem e filho de um juiz da Paraíba, foi preso em flagrante na madrugada desta segunda-feira (18) suspeito de praticar assaltos na orla de João Pessoa. Segundo informações da Polícia Militar, o jovem, identificado como Willy Liahona Brasilino Fragoso, estava com um comparsa em um carro. Ele é apontado como autor de vários assaltos na orla, nas duas últimas semanas.

O jovem foi preso após perseguição e troca de tiros com uma equipe da Polícia Militar. Ele foi localizado na entrada de um condomínio, no bairro do Bessa. A polícia apreendeu com o filho do juiz um relógio pertencente a um funcionário público, a carteira de um comerciante e uma pequena quantidade de maconha.

O filho do juiz informou aos policiais no momento da prisão que os tiros foram efetuados pelo comparsa. O outro suspeito conseguiu escapar no carro e com a arma usada na troca de tiros. A arma usada no crime foi encontrada pela PM em frente a uma casa do bairro do Bessa, próximo ao local onde o suspeito foi preso.

O material recolhido foi encaminhado para Central de Polícia, no bairro do Geisel. O comparsa do filho do juiz não tinha sido preso até a manhã desta segunda, segundo a PM. A Polícia Civil investiga os assaltos e também os disparos contra os policiais. O filho do juiz responde a um processo por tráfico de drogas.

Carro recuperado
Na manhã desta sexta, a Polícia Militar encontrou um carro notificado por roubo que tinha sido levado pelo filho do juiz e o comparsa de um bar localizado na avenida Fernando Luiz Henriques dos Santos, no Jardim Oceania, em João Pessoa. A Polícia Civil investiga se o carro encontrado também foi usado em outros assaltos. O carro foi encaminhado para a Central de Polícia.


G1 


Deixe seu comentário

PREENCHA SEUS DADOS ABAIXO

Suas informações pessoais não serão divulgadas.


Comentários 0

Ainda não há comentários nesta matéria.