05/06/2018 05:57 - Atualizado em 05/06/2018 05:59

Firmino sonha com a bola desde a infância

 

O menino do Trapiche! Entre os 23 convocados para a Copa da Rússia, está o menino nascido e criado em um dos bairros mais violentos de Maceió. Roberto Firmino, que morava a poucos metros do estádio Rei Pelé, cresceu respirando futebol. A história do atleta foi tema do Perfil do Jornal Nacional, da Rede Globo, desta segunda-feira (4).

"Eu só queria saber de bola. Eu dormia com a bola", relembra o único nordestino convocado. A mãe conta que achava que Firmino era hiperativo, que só pensava em bola.

O menino chegava a pular o muro para ir jogar com os colegas no bairro. O objetivo sempre foi "chegar lá". E o primeiro passo aconteceu quando o jogador chegou à base do CRB, fazendo seus gols no lugar onde antes escutava os cânticos dos torcedores.

"No segundo dia de testes, eu já tinha passado. Fiquei muito feliz de nunca ter desistido", conta. Rapidamente, Firmino deixou de somente ouvir para fazer parte das músicas de torcida. Pelo Figueirense, conquistou as arquibancadas e ganhou o prêmio de revelação da Série B do Campeonato Brasileiro. Aos 19 anos, foi para o Hoffenheim. Quatro anos depois, o destino era o Liverpool, onde se consolidou e apareceu, de vez, para o mundo.

Agora, com a chegada da Copa do Mundo da Rússia, depois do tanto que já conquistou, Firmino quer mais. O atacante vê o Mundial como a oportunidade de, de fato, "chegar lá".

Roberto Firmino foi o 15º personagem da série do Jornal Nacional com os perfis dos 23 convocados para a Copa do Mundo. Antes do atacante, Neymar, Pedro Geromel, Fernandinho, Marquinhos, Fred, Alisson, Renato Augusto, Fagner, Marcelo, Miranda, Casemiro, Gabriel Jesus, Douglas Costa, Cássio, Paulinho e Philippe Coutinho foram os protagonistas das reportagens anteriores.

Os outros atletas chamados por Tite, além do próprio técnico, terão suas histórias contadas por Tino Marcos até 11 de junho, uma a cada dia.



Gaetaweb