Notícias / Esporte


Imprimir notícia

29/07/2017 22:03 - Atualizado em 29/07/2017 22:08

Goiás faz 3 a 0 e impõe primeira derrota de Dado Cavalcanti no CRB

 

O Clube de Regatas Brasil perdeu para o Goiás por 3 a 0 na tarde deste sábado (29), no Estádio Serra Dourada, em Goiânia-GO. O jogo valeu pela 17ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Andrezinho abriu o placar aos 29', Léo Gamalho ampliou aos 41' da primeira etapa, e Junior Viçosa fez o terceiro aos 3' do segundo tempo. Marcelo Rangel ainda pegou pênalti de Neto Baiano aos 22'. O Portal TNH1 e a Rádio Pajuçara FM Maceió 103,7 acompanharam a partida.

A vitória do Esmeraldino quebrou a invencibilidade de oito jogos do técnico Dado Cavalcanti sob o comando do Regatas. O resultado deixou o Alviverde na décima posição, com 23 pontos. Já o Galo permaneceu com 25 e caiu para a oitava colocação.

Punido pelo STJD, o Esmeraldino recebeu o CRB com portões fechados nesta tarde. A decisão foi por conta de briga entre torcedores.

Calor e pressão
Mesmo desfalcado de três titulares, o Alvirrubro teve postura consistente nos primeiros minutos. Aos 12', Diego cobrou falta, Tony apoiou para Gabriel cabecear para fora. O Esmeraldino respondeu com Carlinhos. De fora da área, ele soltou a pancada e Edson Kölln espalmou. O árbitro José Woshington da Silva parou a partida aos 24' para hidratação devido ao forte calor em Goiânia. No retorno, Léo Gamalho quase marca aos 28', mas Kölln pegou de novo.

Apático em campo, o Galo vacilou aos 29'. Carlos Eduardo passou com facilidade pela marcação na direita e tocou para Andrezinho apenas completar para o gol. No lance do cruzamento, o jogador do Goiás terminou acertando o joelho de Yuri, que precisou ser substituído por Rodrigo Souza. O CRB ainda tentou o empate com Neto Baiano, de cabeça, mas sem precisão. Aos 42', os donos da casa deram o bote novamente. Carlos Eduardo em nova investida pela esquerda acionou Andrezinho. O meia levantou a cabeça e cruzou para Léo Gamalho, que caprichou na finalização e anotou o segundo do jogo.

Gol, expulsão e pênalti

Qualquer estratégia de empate feita por Dado Cavalcanti no intervalo foi por água abaixo. O técnico sacou Diego e voltou com Pedro Botelho para o segundo tempo. Mas logo aos 3' o Goiás marcou o terceiro. Andrezinho cobrou escanteio, Fábio Sanches desviou e Junior Viçosa, sozinho, guardou. O gol esfriou o CRB e acalmou o time goiano, que passou a administrar o resultado.

Aos 20', Neto Baiano foi derrubado por Fábio Sanches na grande área e o árbitro assinalou a penalidade. Como já tinha amarelo, o zagueiro recebeu o segundo cartão e foi expulso. Na cobrança, o camisa 9 parou em defesa de Marcelo Rangel. O Goiás cresceu e contra-atacou com Carlos Eduardo, que bateu cruzado para fora. Aos 31', Pedro Botelho cruzou com veneno e Neto Baiano, pertinho do gol, finalizou por cima. Carlinhos ainda arriscou de longe aos 44', mas o resultado ficou inalterado.

Ao final da partida, membros da comissão técnica dos dois times discutiram e o clima esquentou no vazio Serra Dourada.

Ficha técnica

Goiás

1- Marcelo Rangel
2- Tony
3- Fábio Sanches
4- Alex Alves
6- Carlinhos
5- Pedro Bambu
8- Elyeser
7- Carlos Eduardo
10- Andrezinho (14- Everton Sena, aos 23' do 2º tempo)
11- Junior Viçosa (20- Léo Sena, aos 25' do 2º tempo)
9- Léo Gamalho (18- Aylon, aos 34' do 2º tempo)

Técnico: Argel Fucks

Banco: 12- Ivan, 22- Márcio, 14- Everton Sena, 13- Erwin Saavedra, 16- Jefferson, 15- Ramires, 20- Léo Sena, 17- Tiago Luís, 18- Aylon, 19- Michael e 21- Gustavo.

CRB

1- Edson Kölln
2- Marcos Martins
3- Flávio Boaventura
4- Gabriel
6- Diego (16- Pedro Botelho, no intervalo)
5- Yuri (14- Rodrigo Souza, aos 32' do 1º tempo)
8- Danilo Pires (18- Ytalo, aos 30' do 2º tempo)
7- Tony
10- Chico
11- Erick Salles
9- Neto Baiano

Técnico: Dado Cavalcanti
Banco: 12- Juliano, 13- Audalio, 14- Rodrigo Souza, 15- Adriano, 16- Pedro Botelho, 17- Elvis, 18- Ytalo e 19- Emaxwell.

Cartão amarelo
Goiás: Fábio Sanches (2), Elyeser.
CRB: Flávio Boaventura.
Cartão vermelho
Goiás: Fábio Sanches.

Arbitragem
Árbitro: José Woshington da Silva (CBF/PE);
Auxiliar 1: Ricardo Bezerra Chianca (CBF/PE);
Auxiliar 2: Fabrício Leite Sales (CBF/PE);
4º árbitro: Jefferson Ferreira de Moraes (CBF/GO).


TNH1 


Deixe seu comentário

PREENCHA SEUS DADOS ABAIXO

Suas informações pessoais não serão divulgadas.


Comentários 0

Ainda não há comentários nesta matéria.