Notícias / Alagoas


Imprimir notícia

11/02/2020 11:24 - Atualizado em 11/02/2020 11:26

Luciano Barbosa cancela reunião com professores e Sinteal reage

Sindicato dos Trabalhadores classifica ato de Luciano Barbosa como “desrespeito”; secretário alega “agenda no interior” 

Ao cancelar de última hora uma reunião com professores da rede estadual - encontro que deveria tratar de uma reivindicações da categoria e da melhoria da educação -, o vice-governador e secretário Luciano Barbosa (MDB) acabou gerando mais insatisfação entre os servidores.

O encontro estava marcado para acontecer na última sexta-feira (7). Uma nota de repúdio foi publicada no portal do Sindicato dos Trabalhadores da Educação de Alagoas (Sinteal) nesta segunda-feira (10). A entidade ‘puxa a orelha’ do secretário ao apontar a necessidade de se discutir as melhorias para a Educação pública do Estado.

“O Sinteal repudia veementemente a atitude de descaso, desrespeito e descompromisso do excelentíssimo senhor secretário de Estado da Educação (e também vice-governador de Alagoas) Luciano Barbosa de cancelar em cima da hora - uma prática recorrente nas últimas tentativas de reunião entre o sindicato e o secretário quando seriam examinados e debatidos os pontos da pauta de reivindicações com nossa entidade e representantes da categoria de secretários escolares”, diz trecho da nota.

O Sinteal afirma que o atual cenário da educação registra processo desastroso de matrículas, falta autonomia nas secretarias escolares e critica a imposição de um processo de terceirização. A entidade alerta, ainda, o aumento da evasão escolar nas unidades da rede pública de ensino. “Exigimos, por fim, que a Seduc, com a urgência necessária, informe ao Sinteal a nova data e hora da reunião, para que possamos tratar desses graves problemas, além da também urgente melhoria da Rede Estadual de Ensino de Alagoas e da valorização de todos seus profissionais”, finaliza a nota.

“A reunião não aconteceu simplesmente porque o vice-governador apresentou uma agenda no interior do estado e disse que não podia nos receber. Isso já é praxe”, explica Maria Consuelo Correia, presidente do Sinteal. Segundo ela, a assessoria da Secretaria de Educação entrou em contato na noite de ontem informando que uma nova data para a reunião deve ser definida ainda hoje.

DEMANDA POLÍTICA
Ao longo dos últimos dias, Barbosa tem se envolvido em polêmicas, a exemplo do uso de uma aeronave da Secretaria de Segurança Pública (SSP) - que é utilizada para combater o crime no Agreste e Sertão -, para ir a uma cavalgada no interior de Pernambuco. Imagens divulgadas nas redes sociais mostram o então governador em exercício descendo do helicóptero para participar da agenda. Em dezembro, parentes dele foram presos na Operação Florence - Dama da Lâmpada, realizada pela Polícia Federal (PF) para desbaratar um esquema criminoso que atuava no Hospital Geral do Estado (HGE) e na Secretaria de Saúde (Sesau).



Gazeta de Alagoas  


Deixe seu comentário

PREENCHA SEUS DADOS ABAIXO

Suas informações pessoais não serão divulgadas.


Comentários 0

Ainda não há comentários nesta matéria.