Notícias / Educação


Imprimir notícia

15/03/2019 11:21 - Atualizado em 15/03/2019 11:23

Luciano Barbosa: Educação não paga transportadores e serviço pode ser suspenso em AL

 

Os deputados estaduais Francisco Tenório (PMN), Inácio Loiola (PDT) e Davi Maia (DEM), pedem esclarecimentos do vice-governador e secretário de Estado da Educação, Luciano Barbosa (MDB) sobre a situação dos transportadores escolares em Alagoas.

Os parlamentares protocolaram o pedido, nesta quinta-feira (14), para que a Assembleia Legislativa (ALE) convoque o gestor para prestar esclarecimentos. Os transportadores escolares sinalizam a possibilidade de paralisar os serviços, caso o pagamento não seja efetuado nas próximas horas.

O pedido foi feito durante pronunciamento do deputado Francisco Tenório que relatou na tribuna da Casa Tavares Bastos, o atraso no pagamento desses profissionais desde dezembro de 2018 e que sequer uma nota foi emitida para explicar o motivo deste atraso, que prejudica centenas de trabalhadores cadastrados no sistema de transporte escolar da secretaria Estadual da Educação (Seduc).

Tenório disse que, após quatro anos de governo, a secretaria de Educação não conseguiu fazer uma licitação para contratar uma empresa de transporte escolar e o segundo mandato de Renan Filho e Luciano Barbosa ainda não deu sinais de solução para este problema. O deputado afirmou que até o presente momento, o serviço está sendo sido feito por vias emergenciais, que vão de encontro às recomendações feitas pela Procuradoria do Estado.

“O Estado paga mal e, neste sentido, os proprietários dos ônibus não têm condições de adquirir um veículo digno para transportar os estudantes. Os ônibus estão em péssimas condições e podem colocar em risco a vida dos alunos” explicou o deputado.

Os transportadores escolares chegaram a procurar o parlamentar, informando a intenção de paralisar os serviços, caso a situação não seja sanada nas próximas horas.

“Conversei com os transportadores e fiz um apelo para que não façam isso, imediatamente, pois os maiores prejudicados seriam os alunos. Os transportadores acataram meu apelo e não vão parar, mas é preciso que o secretário Luciano Barbosa entenda a importância de agilizar este pagamento, evitando a suspensão dos serviços a partir da próxima segunda-feira”, disse.

Em aparte, os deputados Davi Maia, Inácio Loiola, Marcelo Beltrão (MDB) e Ângela Garrote (PP) se solidarizaram com o pronunciamento de Francisco Tenório.


Com Já é Notícia - Blog do Paulo Marcello 


Deixe seu comentário

PREENCHA SEUS DADOS ABAIXO

Suas informações pessoais não serão divulgadas.


Comentários 1

Diego Gabino

15/03/2019 às 17:12

Infelizmente esse secretário Luciano Barbosa não está nem aí com a educação de Alagoas. Eu faço um apelo para todos os deputados que não esqueçam de nós, porque depois desse pagamento de Dezembro vai continuar a mesma coisa. O pagamento de Janeiro ele vai massacrar novamente. Então eu gostaria que vocês fiquem em cima desse secretário para melhor a situação de nós. E cada ano que passa o dinheiro q nós recebemos diminui. Quando eu passei a ser transportador recebia por cada turno R$2500,00. E hoje faço três turnos e recebo R$4500,00. Então fica aqui o meu apelo e meu agradecimento pelo o apoio dos deputados.