29/09/2020 17:57 - Atualizado em 29/09/2020 18:00

Luciano Barbosa está ‘fora do MDB’ e não pode mais disputar eleição

 

O vice-governador de Alagoas, Luciano Barbosa, está com um pé fora do MDB. Ou melhor, os dois.

Em reunião realizada nesta terça-feira (29), a Comissão de Ética do MDB Alagoas suspendeu a filiação de Luciano Barbosa por 70 dias.

“Foi uma suspensão provisória, prevista pelo estatuto do partido, diante dos últimos acontecimentos. Ao MDB não interessa a candidatura do vice-governador, que ocupa cargo majoritário, para a prefeiturabde Arapiraca”, aponta um dos integrantes da comissão.

Luciano Barbosa também deve ser expulso do partido – pelo menos se não houver realinhamento com as orientações do MDB.

Ainda na reunião realizada no começo da tarde de hoje, a comissão decidiu abrir formalmente o processo de expulsão. “Ele terá 15 dias para apresentar defesa. Ao final deste período, a comissão voltará a se reunir e decidirá pela sua expulsão ou não”, pondera o integrante da comissão.

Fora do partido, não há salvação para a candidatura de Luciano Barbosa à prefeitura, alerta o dirigente emedebista: “ele só poderá ser candidato, ao menos nesta eleição, se for pelo MDB. Como já está suspenso, se torna automaticamente inelegível. O processo de expulsão já aberto, independente do seu resultado, deverá terminar antes das eleições”, aponta o dirigente.


Blog do Edivaldo Júnior - Gazetaweb