Notícias / Brasil


Imprimir notícia

14/01/2020 08:38 - Atualizado em 14/01/2020 08:42

Maia ‘esquece’ acordo para apoiar Arthur Lira

 

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, já esqueceu o acordo que fez há um ano no apartamento paulistano do presidente nacional do PP, senador Ciro Nogueira (PI), para apoiar o deputado Arthur Lira à sua sucessão, no início de 2021, e articula três opções diferentes.

Dois deles foram ministros de Dilma investigados por corrupção: Aguinaldo Ribeiro (PP-PB) e Fernando Bezerra Filho (MDB-PE). Outro que supõe contar com apoio de Maia é Baleia Rossi (SP), presidente do MDB.

Há um ano, Arthur Lira saiu da disputa e ainda garantiu a Maia os votos do MDB e PTB, liquidando a pretensão de Fabio Ramalho (MDB-MG).

Lira admite o sonho de presidir a Câmara, “como todo deputado”, mas afirma que o seu partido decidirá sobre o assunto “no momento certo”.

Líder do PP, Arthur Lira parece tranquilo em relação ao presidente da Casa: “Apoio de Rodrigo Maia é importante e espero contar com ele”.

Por seu protagonismo no plenário, como fiel da balança nas decisões mais importantes, Arthur Lira acabou despertando os ciúmes em Maia.


Diário do Poder 


Deixe seu comentário

PREENCHA SEUS DADOS ABAIXO

Suas informações pessoais não serão divulgadas.


Comentários 0

Ainda não há comentários nesta matéria.