Notícias / Política


Imprimir notícia

05/03/2020 09:34 - Atualizado em 05/03/2020 09:36

MDB sacrifica Luciano Barbosa para tentar vencer as eleições em Arapiraca

Vice abandonará projeto de ser governador para disputar contra Rogério Teófilo  

O desespero do MDB para vencer as eleições deste ano, nas duas maiores cidades do Estado, está fazendo com que o partido sacrifique seus mais importantes filiados para evitar o desastre do pleito de 2016, quando o ex-prefeito Cícero Almeida e o deputado estadual Ricardo Nezinho perderam para os dois principais candidatos do PSDB: Rui Palmeira em Maceió e Rogério Teófilo em Arapiraca.

Na capital alagoana a aposta pode ser o ex-procurador do Ministério Público, Alfredo Gaspar de Mendonça. Já em Arapiraca o MDB pretende lançar oficialmente o nome do vice-governador e secretário de Educação, Luciano Barbosa para tentar evitar que Teófilo seja reeleito. A decisão do partido do governador Renan Filho irritou o deputado Nezinho que já estava em pré-campanha eleitoral pela cidade.

Pessoas próximas ao parlamentar arapiraquense disseram que não justifica a decisão do MDB em apoiar o nome de Luciano Barbosa para prefeito, já que existe uma promessa de Renan Filho e do próprio senador Renan Calheiros de que LB seria o próximo candidato ao governo de Alagoas em 2022. Nezinho deseja agendar uma reunião em Palácio e pode pedir sua desfiliação do partido, aproveitando a janela partidária que vai até o início de abril.

No desespero de tentar vencer as eleições em Maceió e Arapiraca, o MDB passa por cima de aliados, amigos, correligionários e trai a população de Arapiraca e de toda região Agreste, impedindo que um filho natural de Palmeira dos Índios e que foi prefeito de Arapiraca por duas vezes, seja obrigado a pedir exoneração do cargo para encarar as urnas pelo bel-prazer dos Calheiros. Assim, Luciano Barbosa se acovarda e desiste de ser governador em 2022 para frustração do povo agrestino de Alagoas. 


Por Redação do Portal MInuto Nordeste


Deixe seu comentário

PREENCHA SEUS DADOS ABAIXO

Suas informações pessoais não serão divulgadas.


Comentários 0

Ainda não há comentários nesta matéria.