Notícias / Polícia


Imprimir notícia

19/06/2018 06:13 - Atualizado em 19/06/2018 06:16

Mulher denuncia golpe ao tentar comprar carro em AL

 

Uma mulher foi vítima de um golpe ao comprar um carro de uma suposta concessionária de Delmiro Gouveia, Sertão de Alagoas. Em contato com o G1 nesta segunda-feira (18), ela disse que fechou a compra pelo WhatsApp, fez o depósito da entrada no valor de R$ 3 mil, e depois não conseguiu mais contato.

A vítima é de Maceió, e pediu para não ser identificada na reportagem. Ela conta que a suposta concessionária anuncia os veículos em um site de vendas e após o contato inicial do comprador, as negociações são feitas por mensagens.

O depósito bancário foi realizado na última quinta (14). Após negociar os valores com o suposto gerente da empresa, identificado apenas como Marcelo, a vítima recebeu a imagem de uma montagem de nota fiscal, sendo o cabeçalho com nome e foto de uma concessionária, mas CNPJ de uma outra empresa do ramo de construção, venda e locação de veículos, máquinas e equipamentos.

Embora a nota fiscal enviada a ela não estivesse preenchida, ela diz que o carro sairia por R$ 17 mil. O valor seria dividido entre entrada e o restante pago por meio de boleto.

“Eu depositei o dinheiro e à tarde [na quinta] ele fez um vídeo mostrando que o caminhão já estava saindo da transportadora com o carro, mas não chegou. E quando fomos falar com ele, ele tinha bloqueado o meu número e o do meu marido”, disse a vítima.

Ainda segundo a ela, após perceber o golpe, chegou a contatar a empresa em Delmiro Gouveia, mas o dono afirmou que não estava ciente da venda, e que já havia recebido outras denúncias sobre o mesmo golpe.

Ela registrou um Boletim de Ocorrência no dia 15, no 9º Distrito Policial da Capital, no bairro do Jacintinho.

A reportagem tentou contato com a empresa e com os números de telefone que constam na suposta nota fiscal, mas não conseguiu.



G1
Foto: Imagem do carro enviada pelo suposto vendedor à vítima por meio do WhatsApp; valor total da compra era R$ 17 mil (Foto: Arquivo pessoal)
 


Deixe seu comentário

PREENCHA SEUS DADOS ABAIXO

Suas informações pessoais não serão divulgadas.


Comentários 0

Ainda não há comentários nesta matéria.