Notícias / Política


Imprimir notícia

04/02/2019 10:26 - Atualizado em 04/02/2019 10:31

O declínio dos Renans: a Nau fazendo água

 

Um dos maiores perigos nas grandes navegações, no século XV e século XVI, eram os naufrágios, o desconhecido e as surpresas no caminho geravam temor. Assim, também na politica, há os momentos de mar revoltosos e as turbulências geram perigo a quem se aventura com os velhos vícios e usam de subterfúgios nos corredores e gavetas das assembleias e senado.

O senador Renan Calheiros e seu Filho, governador Renan Filho, amargaram as piores derrotas em suas vidas na politica. Nos últimos dias os maus ventos da politica abraçaram pai e filho e os envolveram em uma infernal tempestade política, deixando-os como uma nau desnorteada, com mastros quebrados e velas rasgadas.

Em Alagoas o governador Renan Filho tentou de todas as maneiras impor a candidatura de seu tio a presidência da Assembleia Legislativa de Alagoas, porém um grito de liberdade ecoou entre as paredes da Casa Tavares Bastos e em nome do povo que os elegeram, a maioria dos deputados estaduais não seguiram as ordens do governador Renan Filho, o derrotando nas eleições da Assembleia Legislativa.

O senador Renan Calheiros passou o maior vexame de sua vida pública, teve, para não provar uma derrota vergonhosa, que renunciar sua candidatura. Fato que decepcionou os seguidores das praticas politicas do Senador. Esses discípulos deveriam criticar a opção tomada pelo seu líder? Jamais! Comem e bebem apenas a ração que o grande chefe manda.

Com quase vinte inquéritos em desfavor, o senador Calheiros, que concorreu a presidência do senado, buscava mais uma vez ser Presidente do Senado, foi derrotado pelas ideias dos novos senadores, senadores que foram criticados por Renan simplesmente pelo fato de reoxigenarem aquela casa.

Com novas palavras e a velha intenção de se fazer perpetuar no poder, o Senador esbravejou, sem entender que o novo sempre vem, na inútil tentativa de impor seu desejo, porém ao se ver derrotado, retirou sua candidatura e fugiu, como fogem os primeiros seres vivos ao primeiro sinal que a nua Nau vai afundar.

Eles seguem seus mandatos democraticamente, pois foram eleitos com legitimidade, mas abre um alerta entre seus marinheiros, seguidores e discípulos que na embarcação buscam o melhor e mais alto lugar, antes que ela venha a pique. As Naus dos Renans estão fazendo água, isto é um alerta?



Por Genival Silva
Foto: Reprodução 


Deixe seu comentário

PREENCHA SEUS DADOS ABAIXO

Suas informações pessoais não serão divulgadas.


Comentários 0

Ainda não há comentários nesta matéria.