Notícias / Maceió


Imprimir notícia

11/07/2018 06:41 - Atualizado em 11/07/2018 06:44

Obras do viaduto da PRF, em Maceió, são embargadas

 

Auditores fiscais do trabalho em Alagoas paralisaram as obras do viaduto da PRF, localizado no Tabuleiro do Martins, em Maceió, nesta terça-feira (10), após constatarem diversas irregularidades que deixavam os trabalhadores em risco iminente de acidentes. A medida se deu após várias visitas realizadas pelos fiscais no local da obras.

De acordo com a Auditoria Fiscal do Trabalho, entre as irregularidades destacam-se a ausência de implementação das medidas de segurança e saúde dos trabalhadores em atividade em espaços confinados, andaimes com piso incompleto e sem proteção contra queda e ausência de escadas para acessar esses andaimes.

As irregularidades também abrangem a inexistência de separação entre vias de circulação de veículos automotores e de pedestres dentro da obra (gerando o risco de atropelamento), improvisação dos pontos de ancoragem dos cintos de segurança dos trabalhadores expostos ao risco de queda, máquinas sem proteção contra o risco de corte e amputação dos membros superiores dos trabalhadores, ausência de aterramento elétrico, entre outras.

"Entendemos que uma intervenção dessa natureza pode gerar reclamação em parte da população, que não vê a hora de a obra estar concluída. Contudo, devemos nos lembrar que o trabalho deve agregar valor a toda sociedade na qual ele está inserido - e um acidente de trabalho, ao contrário, só traz prejuízo: prejuízo para a construtora, que tem sua carga tributária elevada e enfrentará processos judiciais; prejuízo para a família, e aqui entra tanto o abalo financeiro quanto psicológico; e prejuízo para a sociedade, pois será mais um benefício do INSS pago pelos cofres públicos", apontou o auditor Fiscal do Trabalho Alexandre Sabino.

Ainda de acordo com ele, assim que as medidas de segurança forem adotadas, a obra poderá continuar normalmente. Até lá, reforçou o auditor, exceto as atividades necessárias para a correção dos problemas, fica tudo parado.


Gazetaweb 


Deixe seu comentário

PREENCHA SEUS DADOS ABAIXO

Suas informações pessoais não serão divulgadas.


Comentários 0

Ainda não há comentários nesta matéria.