Notícias / Esporte


Imprimir notícia

14/09/2020 06:03 - Atualizado em 14/09/2020 06:05

Oeste bate CSA e deixa lanterna da competição

 

Após sair atrás no placar, o Oeste conquistou, neste domingo (13), a primeira vitória no Campeonato Brasileiro da Série B. O Rubrão venceu, de virada, o CSA por 2 a 1, na Arena Barueri. Apesar do primeiro êxito, a equipe paulista permanece na zona de rebaixamento, com apenas seis pontos. Já o Azulão segura a lanterna da competição, com 4.

Os donos da casa assustaram logo aos 2 minutos de jogo. Após escanteio cobrado por Mazinho, Luan cabeceou, exigindo difícil defesa do goleiro Bruno Grassi. Na sequência a partida ficou morna, voltando a esquentar somente aos 42, quando o meio-campista Pedro Júnior, do CSA, foi derrubado dentro da grande área pelo volante Yuri. Neste lance, o árbitro Paulo Henrique de Melo Salmazio (RS) marcou pênalti. O mesmo Pedro Júnior cobrou e a bola entrou do canto direito do goleiro Glauco.

O Oeste não se abateu e buscou o empate. Nos acréscimos da primeira etapa, em jogada parecida com aquela realizada no início do jogo, conseguiu empatar. Mazinho cruzou, Luan cabeceou, entretanto, desta vez, Bruno Grassi não evitou o gol da equipe paulista. No final do primeiro tempo Rubrão e Azulão estavam empatados em 1 a 1.

Após o intervalo, o Oeste voltou como iniciou o jogo: em cima do adversário. Aos 8 minutos Mazinho chutou rasteiro, quase marcando o gol da virada. A insistência valeu a pena, o lateral-esquerdo Gustavo Salomão chutou cruzado acertando o ângulo do arqueiro Bruno Grassi.

Os nordestinos ensaiaram a reação. Aos 20 Netto bateu colocado, provocando bela defesa de Glauco. Apesar das investidas do CSA, o Rubrão se segurou e conquistou os três pontos. Oeste 1, CSA 1.

As duas equipes voltam a campo no próximo sábado (19), às 21h. O CSA receberá o Cruzeiro, no estádio Rei Pelé, em Maceió. Já o Oeste visita o Cuiabá, na Arena Pantanal, em Cuiabá.


Rádio Nacional - Rio de Janeiro 


Deixe seu comentário

PREENCHA SEUS DADOS ABAIXO

Suas informações pessoais não serão divulgadas.


Comentários 0

Ainda não há comentários nesta matéria.