Notícias / Cultura


Imprimir notícia

25/08/2017 04:24 - Atualizado em 25/08/2017 04:27

Pastoril, guerreiro, boi-bumbá, coco, xaxado e cordel dão o tom da “I Mostra Folclórica”

 

Cerca de 270 estudantes da Escola de Educação Básica Nossa Senhora de Lourdes estiveram envolvidos nesta “I Mostra Folclórica”, que se encerrou esta semana após diversos dias de atividades na Casa da Cultura.

A culminância ocorreu nesta terça-feira (22) na tenda cultural da Praça Luiz Pereira Lima, bairro do Centro, com diversas manifestações de folguedos como xaxado, pastoril, coco de roda, guerreiro, boi-bumbá, quadrilhas juninas e até literatura de cordel e música.

A Prefeitura de Arapiraca, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, Lazer e Juventude (SMCLJ), apoiou o evento. No local, estiveram presentes o secretário da SMCLJ, Silvestre Rizzatto, e a secretária Municipal de Educação e Esporte, Mônica Leônia Pessoa.

“Arapiraca é uma cidade acolhedora. E realmente acreditou e acolheu esse projeto. A escola está de parabéns, pois trabalha por amor e não por acaso”, diz Rizzatto.

Para o pequeno Davi Emanuel Sena Souza, de 4 anos, foi uma experiência única, em todos os sentidos. Foi a primeira vez que ele participou de algo parecido. Ele se fantasiou de saci-pererê para se apresentar ao lado de várias iaras, as sereias do nosso folclore brasileiro.

Davi é filho único da técnica de enfermagem Vanessa Souza, que se disse muito feliz com o que aconteceu. “A escola conseguiu levar para fora da sala de aula, literalmente, o que ensina. Trazer isso para a praça pública só engrandece tudo, porque pais, professores e o povo da cidade pôde assistir”, coloca a mãe.

Para a coordenadora pedagógica da Escola N. Srª de Lourdes, Joseane Amorim, o momento marca e grava a história cultural local com essa movimentação para além dos muros da instituição de ensino.

“O projeto começou no final de abril e fizemos uma ação bem legal durante o São João. Agora, em reverência ao Dia do Folclore, comemorado neste dia 22, resolvemos fazer uma semana de atividades na Casa da Cultura. E os alunos e pais estão amando protagonizar isso”, relata a tia Jôse, como é chamada.

Na culminância na Praça Luiz Pereira Lima, havia ainda estudantes da Escola de Ensino Fundamental Crispiniano Ferreira de Brito e da Creche Escola Jardim de Maria prestigiando tudo.

Houve também homenagens ao mestre Afrísio Acácio; ao secretário Silveste Rizzatto; à diretora da Casa da Cultura, Leide Serafim; e à nossa tradicional Feira Livre de Arapiraca.

“Essa é uma atividade extraclasse para todas as crianças que trouxemos. Estamos começando agora a nossa semana de folclore por lá na creche. A ideia de trazer isso para a praça foi importantíssima”, comemora a professora Maria Cristina Lima, a “Tininha”, da Creche Jardim de Maria.

A imprensa local fez registro ao vivo da programação cultural, mostrando que Arapiraca sabe resgatar e resguardar seus costumes.


Ascom Arapiraca  


Deixe seu comentário

PREENCHA SEUS DADOS ABAIXO

Suas informações pessoais não serão divulgadas.


Comentários 0

Ainda não há comentários nesta matéria.