Notícias / Brasil


Imprimir notícia

06/07/2018 09:55 - Atualizado em 06/07/2018 09:56

PF encontra R$ 95 mil no apartamento do assessor de Nelson Marquezelli

 

A Polícia Federal encontrou nesta quinta (5) R$ 95 mil reais em espécie no apartamento de um assessor do deputado federal Nelson Marquezelli (PTB-SP). O mandado de busca e apreensão faz parte da nova fase da Operação Registro Espúrio, que investiga fraude na concessão de registros sindicais junto ao Ministério dos Transportes.

O assessor Jonas Antunes Lima foi preso durante a operação. Já durante as buscas no gabinete do deputado na Câmara, os agentes encontraram documentos e R$ 5 mil guardados em uma mala atribuída ao parlamentar. À imprensa, Marquezelli afirmou não ter “nada a temer”.

O ministro do Trabalho, Helton Yomura, também foi alvo da operação desta quinta e foi afastado do cargo.

Primeira fase

Deflagrada em maio deste ano, a primeira fase da Operação Registro Espúrio mirou uma organização criminosa suspeita de fraudar a concessão de registros sindicais junto ao Ministério do Trabalho, além de investigar o loteamento do Ministério do Trabalho pelo PTB e pelo Solidariedade.

Segundo as investigações, a ordem de chegada dos pedidos para registro de entidade sindicais não era respeitada; a prioridade ia para pedidos intermediados por políticos. Além disso, o registro era obtido por meio de pagamento de vantagens indevidas.

Entre os alvos da PF estavam os gabinetes dos deputados Paulinho da Força (Solidariedade-SP), Jovair Arantes (PTB-GO) e Wilson Filho (PTB-PB), na Câmara dos Deputados. A prisão deles chegou a ser pedida pela PF, mas foi negada pelo ministro do Supremo Edson Fachin. Os agentes estiveram ainda em sedes nacionais do PTB e do Solidariedade e de centrais sindicais.


Diário do Poder/AL 


Deixe seu comentário

PREENCHA SEUS DADOS ABAIXO

Suas informações pessoais não serão divulgadas.


Comentários 0

Ainda não há comentários nesta matéria.