Notícias / Polícia


Imprimir notícia

20/03/2021 06:24 - Atualizado em 20/03/2021 06:28

PF investiga Ciro Gomes por suposto crime contra a honra

 

A Polícia Federal abriu inquérito para investigar o ex-governador Ciro Gomes (PDT) por suposto crime contra a honra do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

O pedido de investigação foi assinado pelo próprio presidente e pelo ministro da Justiça, André Mendonça. A investigação foi revelada pelo jornal O Estado de S. Paulo.

Ciro virou alvo de Bolsonaro porque, em entrevista à Rádio Tupinambá, de Sobral (CE), em novembro do ano passado, disse que tinha “repúdio ao bolsonarismo, à sua boçalidade, à sua incapacidade de administrar a economia do país e seu desrespeito à saúde pública”.

Ciro também o chamou o presidente de “ladrão” e citou o caso da “rachadinha” de seu filho, o senador Flavio Bolsonaro (Republicanos).

“Qual foi o serviço do Moro no combate à corrupção? Passar pano e acobertar a ladroeira do Bolsonaro. Por exemplo, o Coaf, que descobriu a esculhambação dos filhos e da mulher do Bolsonaro, que recebeu R$ 89 mil desse [Fabrício] Queiroz, que foi preso e é ladrão, ladrão pra valer, ligado às milícias do Rio de Janeiro. E onde estava o senhor Sérgio Moro? Acobertando”, criticou Ciro.

Ao Estadão, Ciro deu entrevista e não se mostrou preocupado. “Fui informado da abertura desse inquérito há cerca de dez dias. Estou pouco me ligando”, disse.


Metrópoles 


Deixe seu comentário

PREENCHA SEUS DADOS ABAIXO

Suas informações pessoais não serão divulgadas.


Comentários 0

Ainda não há comentários nesta matéria.