Notícias / Alagoas


Imprimir notícia

14/03/2019 08:35 - Atualizado em 14/03/2019 08:41

Renan Calheiros é criticado por comentário sobre chacina

 

Em tuíte, o senador alagoano Renan Calheiros (MDB) lamentou a tragédia de Suzano (SP), mas também propôs uma reflexão acerca do posse de armas de fogo.

“A tragédia em Suzano (SP) é lamentável e reprovável sob todos os aspectos. Além de prestar solidariedade às famílias e lamentar a irreparável perda de vidas – maioria jovens – devemos refletir se a solução de facilitar o acesso a armas de fogo é sensato e oportuno”, disse.

E ele complementou a postagem: “A cultura belicista estimula atos violentos e não é solução para nosso grave problema de segurança pública. Devemos sim, cultivar e trabalhar por uma cultura de paz.”




A postagem foi discutida por seguidores do congressista. “Senador, pare de politizar o ocorrido. Os jovens obtiveram as armas de forma ilegal, além de serem menores de idade. Só prova que o estatuto do desarmamento falhou miseravelmente. Desarmaram as pessoas de bem, que para não infringirem a lei entregaram suas armas.”

Outro afirmou: “Falou mais um oportunista que começa o discurso se solidarizando com a família e blá blá blá. O senhor acredita mesmo que os dois assassinos adquiriram a arma de fogo no comércio regular?”.

A maior parte foi contra, mas teve quem concordasse: “O nosso país precisa se armar — de amor, paz, e muita coletividade e menos ódio.” E ainda: “Tu é cheio de acusações de corrupção, mas agora mandou bem.


Extra/AL com Jornal Opção 


Deixe seu comentário

PREENCHA SEUS DADOS ABAIXO

Suas informações pessoais não serão divulgadas.


Comentários 0

Ainda não há comentários nesta matéria.