Notícias / Política


Imprimir notícia

19/05/2018 23:03 - Atualizado em 19/05/2018 03:12

Renan Calheiros entre os senadores que mais faltam sessões sem justificar

 

Levantamento realizado pelo portal G1 mostra que Renan Calheiros (MDB) esta entre os cinco senadores que mais utilizaram a chamada "licença para atividade parlamentar" na atual legislatura, que começou em 2015.

A licença permite faltar a uma sessão deliberativa sem apresentar justificativa e sem desconto no salário.

Em quinto lugar, Calheiros requisitou a licença em 43 dias (17% das sessões ordinárias). Em nota encaminhada ao G1, a assessoria do senador esclareceu que o artigo 13 não se refere a uma licença. “É o artigo que permite ao senador se ausentar da sessão para desempenho de atividade parlamentar fora das dependências do Senado. No caso do senador Renan, as faltas foram devidamente justificadas justamente pelo desempenho de missão política de interesse parlamentar no Estado de Alagoas”.

Em sexta posição, aparece Collor, com 42 dias (16,5% das sessões ordinárias).

Fora da lista dos cinco, Benedito de Lira (PP) usou o expediente em 24 dias (9,4% das sessões ordinárias).

Ainda conforme a reportagem, nesta legislatura, 76 senadores no exercício do mandato e outros 13 que em algum momento exerceram o mandato requisitaram a licença, totalizando 1.320 ausências, pelas quais o Senado pagou R$ 1,48 milhão – considerando que um dia do salário mensal (R$ 33,7 mil) de um senador corresponde a R$ 1.125,43.



MN com Cada Minuto 


Deixe seu comentário

PREENCHA SEUS DADOS ABAIXO

Suas informações pessoais não serão divulgadas.


Comentários 0

Ainda não há comentários nesta matéria.