Notícias / Política


Imprimir notícia

28/05/2018 13:26 - Atualizado em 28/05/2018 13:27

Renan Filho: falta de governo na hora da crise

 

Que o Governo Federal está errando consecutivamente todo o país já sabe. Michel Temer e equipe não conseguem uma solução para a crise institucional que o país enfrenta.

Porém os Governadores dos estados brasileiros, principalmente os nordestinos, estão em movimentação constante.

Pernambuco e Sergipe já decretaram emergência.

Paraíba e Ceará estão mobilizando a região para impedir que Governo Federal diminua o ICMS. Isso porque a alíquota do imposto Estadual sobre combustíveis é alta. Em Alagoas 29%.

A proposta do Governo Temer é tabelar em 18%.

Mesmo com ajuste fiscal Alagoas tem no ICMS da gasolina principal fonte de renda. Se cair 11% dessa arrecadação pode influenciar nas contas públicas do estado e gerar um caos interno pior que já está. “É quebradeira” como disse um Fiscal de Rendas usando redes sociais pra comentar essa decisão.

Enquanto os estados nordestinos se movimentam. O Governador Renan Filho encontra-se em viagem, ao que indica no exterior.

De licença passou o Governo para o interino Presidente do Tribunal de Justiça Otavio Leao Praxedes, que por questão ética não tomará nenhuma medida por não ser o titular.

Enquanto isso Alagoas amarga uma crise de desabastecimento. O Governo não atuou para dar uma resposta à população. Não decretou situação de crise, emergência ou calamidade. E o cidadão fica à mercê do acaso.


Bernadino Souto Maior 


Deixe seu comentário

PREENCHA SEUS DADOS ABAIXO

Suas informações pessoais não serão divulgadas.


Comentários 0

Ainda não há comentários nesta matéria.