Notícias / Polícia


Imprimir notícia

21/05/2020 15:15 - Atualizado em 21/05/2020 15:17

Risco: Cisp do Pilar já apresenta problemas estruturais

 

O Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas (Sindpol) denunciou, nesta quinta-feira (21), que parte do teto do Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp), da cidade do Pilar, desabou. Com apenas nove meses de inaugurado, o Cisp já apresenta problemas estruturais, que colocam em risco a permanência de policiais civis.

O presidente do Sindpol, Ricardo Nazário, revela que a diretoria do Sindicato acreditava que o Cisp, tipo II, que custou R$ 8,4 milhões ao Estado, fosse corrigir todos os problemas apresentados pelo Cisp tipo I, como rachaduras, infiltrações, afundamento de piso, falta de espaço na carceragem e alojamento aos policiais civis, entre outras precariedades, o que não ocorreu.

Ricardo Nazário destaca que os problemas são os mesmos entre os dois modelos de Centro Integrado, apesar do alto investimento.

"Se o projeto do Cisp I fosse revisto, e as falhas corrigidas, o Cisp II não estaria causando transtornos e risco à categoria e à população", denuncia o presidente do Sindpol.

A reportagem entrou em contato com a Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) e aguarda retorno.


Gazetaweb 


Deixe seu comentário

PREENCHA SEUS DADOS ABAIXO

Suas informações pessoais não serão divulgadas.


Comentários 0

Ainda não há comentários nesta matéria.