Notícias / Alagoas


Imprimir notícia

09/02/2019 08:39 - Atualizado em 09/02/2019 08:46

Sacerdote acusado de assédio foi homenageado na Câmara

 

Há uma semana nos círculos religiosos de Maceió não se fala sobre outra coisa: a acusação de assédio sexual contra o pároco da Igreja de São José, no bairro do Trapiche. Padre Calmon Rodovalho Malta é alvo de inquérito policial e que tem como vítima um ex-coroinha da igreja, hoje com 15 anos.

As investigações correm em segredo de Justiça, praxe quando se trata de acusações envolvendo religiosos no estado. O que se sabe até agora é que a denúncia contra o padre foi feita pela mãe e por um irmão do adolescente ao Conselho Tutelar, que os encaminhou para a polícia.

O assédio teria ocorrido em novembro do ano passado mas somente em janeiro a família do adolescente, que já não era coroinha mas frequentava a igreja com assiduidade, teria tomado conhecimento dos fatos e fez a denúncia.


Extra Alagoas  


Deixe seu comentário

PREENCHA SEUS DADOS ABAIXO

Suas informações pessoais não serão divulgadas.


Comentários 0

Ainda não há comentários nesta matéria.