Notícias / Agreste


Imprimir notícia

22/05/2020 17:45 - Atualizado em 22/05/2020 17:53

Sem eficácia: Alagoas tem o menor percentual na detecção de Covid-19

 

Publicação do site O Antagonista, nesta sexta-feira (22), revela que Alagoas é o estado com menor percentual de exames processados para detecção da Covid-19 no Brasil. Dados do Ministério da Saúde apontam que, até ontem, o Laboratório Central de Alagoas (Lacen/AL) conseguiu realizar pouco mais de 6 mil testes específicos para o novo coronavírus.

"O estado que menos consegue processar exames é Alagoas. Apenas 30% dos testes feitos foram analisados. Também tem resultados baixos o Rio de Janeiro (42%), Rio Grande do Sul (47%), Rondônia (49%) e Rio Grande do Norte (50%)", cita o portal. Já o Paraná é o estado que mais consegue analisar os exames feitos, com 96% dos testes processados, seguido de Goiás (93%), Tocantins (93%), Amazonas (91%) e Roraima (89%).

Segundo a gazeta web, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) informou que 200 testes são processados por dia no Lacen/AL. Os estados brasileiros conseguiram processar até ontem 72% dos exames para a Covid-19, com a realização de mais de 585,3 mil testes RT-PCR até agora, sendo que os laboratórios centrais conseguiram analisar 423.438 desse total, revela o site.

Dados da Sesau, publicados no Boletim Epidemiológico dessa quinta-feira (21), detalham que há 1.803 casos em investigação laboratorial. Alagoas tem um total de 4.916 casos confirmados do novo coronavírus e 262 óbitos por Covid-19.

Impressa aguarda a resposta da Sesau sobre as informações publicadas no site O Antagonista.


Com Gazetaweb 


Deixe seu comentário

PREENCHA SEUS DADOS ABAIXO

Suas informações pessoais não serão divulgadas.


Comentários 0

Ainda não há comentários nesta matéria.