21/04/2019 01:03 - Atualizado em 21/04/2019 01:10

Valdiram, ex-Vasco, é encontrado morto em São Paulo

 

O ex-atacante Valdiram foi encontrado morto, aos 36 anos, em São Paulo. O jogador, que teve passagem marcante pelo Vasco, morava em situação de rua na capital paulista e foi encontrado na rua Santa Eulália, Zona Norte de São Paulo.

A informação foi dada primeiro pelo programa "Brasil Urgente", da Band, e confirmada pelo Instituto Médico Legal do bairro Santana. O corpo ainda não foi reconhecido por familiares – apenas por outros moradores de rua. A investigação está a cargo do DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa).

Em fevereiro do ano passado, o jornal Extra encontrou Valdiram morando nas ruas de Bonsucesso, Zona Norte do Rio de Janeiro. No dia seguinte à publicação da reportagem, o Vasco entrou em contato com o jogador pelo departamento de Serviço Social e conseguiu interná-lo em uma clínica de reabilitação.

Porém, em julho de 2018, o ex-atacante sumiu novamente. Após receber alta da clínica em que estava, Valdiram ganhou uma oportunidade no Olaria, mas o vício em drogas, sexo e bebidas falou mais alto e ele voltou às ruas. Naquele mês, Valdiram disse a pessoas próximas que iria para São Paulo encontrar a irmã.

A última aparição que se tinha notícia do ex-jogador foi um vídeo publicado no YouTube em dezembro do ano passado. Nele, Valdiram está em São Paulo e pede ajuda a ex-companheiros do Vasco.

Natural de Canhotinho, no interior de Pernambuco, Valdiram foi revelado no CRB e se destacou no Vasco em 2006, atuando ao lado de Romário. Depois de sete gols durante a Copa do Brasil, o atacante passou a faltar em treinos e teve seu contrato rescindido em fevereiro de 2007. Depois disso, passou por 18 clubes até 2011. A carreira de Valdiram não alavancou por problemas extracampo, como o uso de drogas e o alcoolismo.


NN1