09/09/2015 13:48 - Atualizado em 09/09/2015 15:09

PPS Arapiraca: Da Evolução ao Retrocesso?

 

 Que a política de Arapiraca é uma grandiosa caixa de surpresa, toda a cidade já sabe! O intrigante é testemunhar decisões que enfraquecem a força política local. O PPS vinha em substancial crescimento na região do agreste com a pratica de filiação e o fortalecimento do partido em várias cidades da região. Mas, como na política da cidade e na de Alagoas o que evolui não necessariamente é o que cresce, o diretório anterior foi substituído por um novo, que se renove a política! Porém, se pode renovar sem colocar algo novo? Renovar segundo os conceitos dos velhos vícios? Renovar estando do lado da situação quando a situação está contra o povo?

O atual presidente do PPS, aliado e pupilo do deputado Severino Pessoa, não participou da campanha para deputado federal do presidente do partido regional, Professor Régis Cavalcante. Nem ele e nem o deputado estadual foram vistos ao lado de Regis na campanha de 2014. O Senhor Deputado Severino Pessoa pediu voto para outro candidato a deputado federal e esta semana foram agradecidos com o diretório municipal e muitos dos filiados ainda não sabem do ocorrido.

Que o socialismo e meritocracia não se misturam, tudo bem. Mas, são apenas conceitos produzidos, dirigidos e praticados por homens e mulheres. Homens e mulheres que se aglomeram em gabinetes e corredores decidindo e articulando o futuro de cidades e pessoas.

Quantos filiados ao PPS presenciaram as pessoas do vereador Sérgio do Sindicato e do deputado Severino Pessoa nas reuniões do partido nos últimos meses? Quanto os mesmos contribuíram, em dedicação, para o fortalecimento do partido na cidade de Arapiraca e na região agreste?

As eleições estão chegando e será que todos os caminhos apontam para uma reaproximação do PPS com a prefeita Célia Rocha? Ou esta decisão esfarela o partido em Arapiraca? Uma vez que o mesmo tinha pretensões de lançar candidatura próprio para o cargo majoritário.

A quem beneficia com essas mudanças? O presidente atual seguirá os atos passados do seu guru político, o deputado Severino Pessoa, quando sempre muda de lado na hora que lhe é conveniente? Ou teremos um novo diretório em busca de mudanças reais, mudanças que serão a favor do povo de Arapiraca?

Sobre a decisão administrativa e sem o consentimento dos filiados do PPS em Arapiraca, será que foi colocado em pauta a quantidade de projetos de lei que foram apresentados neste ano pelo vereador, no âmbito municipal, e pelo deputado, na Assembleia Legislativa de alagoas? Ou tudo é apenas o interesse meramente político e a troca do poder pelo poder?