28/04/2019 14:37 - Atualizado em 28/04/2019 14:38

Cultura Organizacional: Uma necessidade

 

Cultura organizacional na perspectiva de Idalberto Chiavenatto, grande estudioso deste ramo da Gestão de Pessoas é um sistema de valores compartilhados pelos seus membros, em todos os níveis, que diferencia uma organização das demais. Logo, quanto mais você entender a cultura da sua empresa, maior a chance de sobrevivência no mercado.

Diante desta premissa, pressupõe-se que uma quantidade significativa das empresas, independentemente do tamanho, do segmento em que atuam e dos bens ou serviços que produzem, possuem cultura organizacional, formalmente instituída ou não. Se esta assertiva for negativa as chances de fracasso do negócio aumentam, visto que o empreendedor não priorizou um modo de atuação definido a médio e logo prazo em conjunto com sócios e colaboradores.

Pesquisadores do tema, estabelecem sete características básicas que, em conjunto, capturam a essência da cultura de uma organização: Inovação e assunção de riscos: o grau em que os funcionários são estimulados a inovar e assumir riscos. Atenção aos detalhes: o grau em que se espera que os funcionários demonstrem precisão, análise e atenção aos detalhes. Orientação para os resultados: o grau em que os dirigentes focam mais os resultados do que as técnicas e os processos empregados para seu alcance.

Eles também apontam como prioridade: Orientação para as pessoas: o grau em que as decisões dos dirigentes levam em consideração o efeito dos resultados sobre as pessoas dentro da organização. Orientação para as equipes: o grau em que as atividades de trabalho são mais organizadas em termos de equipes do que de indivíduos. Agressividade: o grau em que as pessoas são competitivas e agressivas em vez de dóceis e acomodadas. Estabilidade: o grau em que as atividades organizacionais enfatizam a manutenção do status quo em contraste com o crescimento.

Para os líderes é essencial lembrar ao time para onde o barco está rumando, se o percurso final mudou e quais são as novas rotas. Ou seja, manter a equipe atualizada sobre tudo que está acontecendo.

Por conseguinte,, sendo cultura organizacional é algo bem abrangente, a primeira coisa a fazer é estabelecer como essa empresa será e isso inclui qual língua ela, e todos falarão, quais práticas serão bem vistas e sobretudo quais os hábitos pertencem à esse grupo em particular.