Ceará

Elmano adota tom firme contra a Enel: ‘se não se ajustar, não permanecerá no Ceará’

elmano-adota-tom-firme-contra-a-enel:-‘se-nao-se-ajustar,-nao-permanecera-no-ceara’
Elmano adota tom firme contra a Enel: ‘se não se ajustar, não permanecerá no Ceará’

O governador do Ceará, Elmano de Freitas (PT), adotou um tom enérgico em relação à Enel Distribuição Ceará, deixando claro que espera uma mudança significativa no comportamento da empresa ou, caso contrário, ela não permanecerá no estado.

A declaração foi feita nesta quarta-feira (17), durante uma coletiva de imprensa, quando Elmano foi questionado sobre a reunião que teve com Alexandre Silveira, ministro de Minas e Energia (MME), em Brasília (DF), no dia anterior.

Durante o encontro, Elmano apresentou ao Governo Federal um dossiê elaborado pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Assembleia Legislativa do Ceará (Alece), que investiga a atuação da Enel no Estado.

O governador destacou que o governo estadual está preparando um relatório da Agência Reguladora do Estado do Ceará (Arce) para expor a real situação do serviço prestado pela Enel no Estado, que, segundo ele, “deixa muito a desejar”.

Elmano expressou ainda um sentimento de revolta por parte da população cearense em relação ao serviço oferecido pela Enel, afirmando que a empresa teve uma avaliação muito positiva no passado, mas que agora enfrenta muitas críticas.

Ele acrescentou que o Ministério de Minas e Energia tomará medidas em relação ao sistema de distribuição de energia em todo o país nos próximos dias.

Em resposta, a Enel Distribuição Ceará afirmou estar sempre aberta ao diálogo para esclarecimentos necessários e reiterou seu compromisso com a sociedade em todas as áreas em que atua.

Leia também | Elmano anuncia concurso público com 52 vagas para Secretaria do Planejamento e Gestão

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

Fonte: gcmais.com.br