Ceará

113 celulares recuperados são devolvidos às vítimas de assaltos em Fortaleza

113-celulares-recuperados-sao-devolvidos-as-vitimas-de-assaltos-em-fortaleza
113 celulares recuperados são devolvidos às vítimas de assaltos em Fortaleza

Celulares recuperados pela Polícia Militar do Ceará foram devolvidos aos proprietários que foram vítimas de assaltos. Através da iniciativa “Meu Celular”, pelo menos 113 aparelhos foram devolvidos nesta quarta-feira (22) no Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp).

>>>Clique aqui para seguir o canal do GCMAIS no WhatsApp<<<

Um mês após o lançamento, já foram recuperados 500 celulares, e 300 proprietários foram contatados para recuperar os dispositivos. No total, 150 pessoas confirmaram presença para recuperar celulares nesta quarta-feira (22).

“Eu tinha muita esperança que isso acontecesse. Foi uma surpresa muito agradável ter recebido a notificação [do Meu Celular]”. Foi o que disse o psicólogo Clauberson Rios, de 46 anos, ao receber de volta o celular furtado em novembro de 2023.

O objetivo principal da iniciativa, segundo o governador Elmano de Freitas (PT), é reduzir o número de furtos e roubos de celulares, notificando os compradores sobre a natureza ilegal dos objetos adquiridos e exigindo a devolução aos proprietários originais. Além disso, as forças de segurança estão investigando toda a cadeia de receptação, desde o roubo até a venda do celular.

“Nós conseguimos que a Justiça garanta que a operadora nos diga com quem está o celular que foi furtado ou roubado. Com isso, contactamos a pessoa para que ela devolva o celular. Afinal, o que ela comprou é fruto de furto ou roubo. Ela precisa devolver, sob pena de responder pelo crime de receptação dolosa”, explica o governador.

Em caso de roubo, furto ou extravio de equipamento, o usuário deve acessar o endereço da plataforma e registrar a ocorrência, apertando um botão que indica a restrição. O alerta fica pré-ativado, inicialmente, por 72 horas, simbolizado pela cor laranja.

A ferramenta já pode ser acessada em meucelular.sspds.ce.gov.br. Para criar o alerta, o cidadão poderá cadastrar o telefone celular na plataforma, fornecendo alguns dados pessoais, para que as autoridades policiais sejam notificadas. Tablets também poderão ser cadastrados.

> > Siga o GCMAIS no Google Notícias  < <

Programa Meu Celular

Em qualquer abordagem realizada pela Polícia Militar do Ceará, caso o alerta esteja ativado, a composição conseguirá identificar a restrição, por meio de um aplicativo cadastrado em smartphones utilizados nas viaturas. O celular será apreendido e a situação será conduzida à Polícia Civil do Ceará para os trâmites necessários.

Em seguida, o aparelho será restituído ao dono. Com o aparelho celular em mãos, é necessário remover o alerta do sistema “Meu Celular”. Se houver venda, troca ou inutilização do bem, o proprietário deve acessar a plataforma e remover o IMEI do seu perfil. A formalização indica que o dispositivo não está sob sua responsabilidade.

Leia mais |Elmano articula, e Fortal continua no mesmo espaço dos anos anteriores

>  > Acompanhe o GCMAIS no YouTube  < <

Fonte: gcmais.com.br