Ceará

5G e banda larga: Fortaleza será primeira capital do país 100% conectada à internet

5g-e-banda-larga:-fortaleza-sera-primeira-capital-do-pais-100%-conectada-a-internet
5G e banda larga: Fortaleza será primeira capital do país 100% conectada à internet

Em até 40 dias, Fortaleza vai se tornar a primeira capital do país 100% com acesso à internet. Ao todo, serão beneficiadas 168 comunidades dos municípios de Fortaleza, Caucaia, Maracanaú e Maranguape com o Projeto Periferia Conectada que tem o objetivo de expandir o acesso à internet pela modalidade 5G e banda larga fixa sem fio. O projeto foi lançado nesta terça-feira (14), em Fortaleza, pelo ministro das Comunicações, Juscelino Filho.

>>>Clique aqui para seguir o canal do GCMAIS no WhatsApp<<<

“Esse ato de hoje aqui, esse contrato que assinamos junto ao BNDES de financiamento para expansão da banda larga móvel 5G em Fortaleza e na Grande Fortaleza, cidades circunvizinhas vai proporcionar que Fortaleza seja a primeira capital do Brasil a ter 5G Standalone, o 5G puro disponível para a população em 100% da sua área territorial”, afirma Juscelino.

Serão investidos 146,1 milhões, provenientes do Fust, Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações, por meio do BNDES, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e social. O objetivo do projeto é também garantir o acesso das escolas à internet.

“O BNDES, historicamente, nunca olhou para a periferia, nunca olhou para os mais pobres. Então hoje nós estamos fazendo uma entrega inovadora. Nós estamos entregando a primeira cidade , Região Metropolitana do Brasil 100% com 5G daqui a um mês”, explicou Aloízio Mercadante, presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

A empresa de internet que venceu a concessão do financiamento é cearense. Pelo contrato, deve instalar 95 torres de celular e 95 antenas de transmissão de sinal de 5G para garantir a cobertura nas comunidades e periferias dos quatro municípios.

Normalmente o investimento privado, com capital privado começa primeiro na Capital onde tem o cliente com maior renda. Com a iniciativa do BNDES com esse recurso que foi aportado com taxa mais barata conseguimos construir primeiro a periferia”, afirma Roberto Nogueira, CEO da Brisanet Telecomunicações.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

O ministro das Comunicações também comentou sobre o impasse do projeto de dessalinização da Praia do Futuro. Ele disse que por conta da força tarefa do Governo Federal no Rio Grande do Sul, o projeto está sem data de definição. “O tema do Rio Grande do Sul, naturalmente, atrapalhou um pouco o cronograma porque a equipe que estava com isso está dando atenção ao caso do Rio Grande do Sul porque a estrutura de telecomunicação foi muito atingida, mas assim que tivermos uma melhora vamos cobrar à Anatel em relação aos novos estudos apresentados por parte do governo e da Cagece”, afirma Juscelino Filho.

O presidente do BNDES também comentou sobre a tragédia no Rio Grande do Sul e disse que o país precisa se preparar para as mudanças climáticas. “Nós do BNDES suspendemos 23 bilhões de reais de crédito para todas as empresas do Rio Grande do Sul por pelo menos um ano, sem pagar juros. Estamos lançamento 5 milhões de crédito com garantia para que essas micro e pequenas empresas possam se reconstruir e estamos buscando apoio internacional”, disse Mercadante.

O evento desta terça-feira, contou com a presença da governadora em exercício Jade Romero. ela não deu entrevista porque precisava amamentar a filha recém-nascida, que tem pouco mais de um mês.

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

 

 

Fonte: gcmais.com.br