Ceará

Caminhoneiro morre ao sofrer acidente em Tianguá, no interior do Ceará

caminhoneiro-morre-ao-sofrer-acidente-em-tiangua,-no-interior-do-ceara
Caminhoneiro morre ao sofrer acidente em Tianguá, no interior do Ceará

Um caminhoneiro morreu durante a descida da Serra de Tianguá, na região da Ibiapaba, no interior do Ceará, nesta segunda-feira (22). A ocorrência se deu no quilômetro 301 da BR 222, na chamada Curva da Cascata.

O homem, identificado como Valter Messias de Jesus, de 48 anos, transportava madeira, quando perdeu o controle do caminhão e o veículo desceu em alta velocidade, até bater em um barranco. O motorista morreu na hora.

Caminhoneiro sofre acidente em Tianguá e vem a óbito

Profissionais do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE) foram acionados para atender a ocorrência e se dirigiram ao local. Lá, retiraram o corpo de dentro da carreta. Uma equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF) também acompanhou a ocorrência, após o registro do acidente.

O fluxo de veículos na rodovia não foi interrompido após o acidente.

Carga de frangos

Em outra ocorrência registrada nesta segunda-feira (22), um caminhão que transportava uma carga de frangos vivos tombou, ao trafegar por um trecho do município de Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). O acidente provocou ainda um incêndio, com o veículo tendo pegado fogo logo em seguida. Dois homens vinham dentro do veículo, mas não ficaram feridos.

O caso aconteceu no Distrito Industrial, próximo ao Novo Maracanaú, durante a noite, em um trecho apontado pelos condutores de veículos como difícil de trafegar – o caminho é coberto por água, barro e lama. Conforme informado, o freio do caminhão que vinha com uma carga de frangos teve um defeito no momento em que fazia uma curva.

Após o acidente, algumas das aves ficaram espalhadas, algumas pela lateral do caminhão, outras debaixo do veículo, enquanto outras foram arremessadas para fora durante o tombamento.

Leia mais | Vídeo: policial de folga evita roubo de moto em avenida de Fortaleza

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Fonte: gcmais.com.br