Fortaleza

Dois jovens morrem após moto derrapar na pista e bater em poste na Via Expressa, em Fortaleza

dois-jovens-morrem-apos-moto-derrapar-na-pista-e-bater-em-poste-na-via-expressa,-em-fortaleza
Dois jovens morrem após moto derrapar na pista e bater em poste na Via Expressa, em Fortaleza

Dois jovens, sendo um adolescente de 17 anos e um rapaz de 18 anos morreram após a moto em que eles estavam derrapar na pista e bater em um poste, na tarde desta sexta-feira (24), em um trecho da Avenida Almirante Henrique Sabóia, conhecida como Via Expressa, próximo à estação do bairro Mucuripe, em Fortaleza.  O acidente aconteceu quando os dois jovens estavam disputando uma corrida, popularmente conhecida como “pega” ou “racha” com outros amigos, prática proibida pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

>>>Clique aqui para seguir o canal do GCMAIS no WhatsApp<<<

Um vídeo gravado por um motociclista que vinha logo atrás mostra duas motocicletas trafegando em alta velocidade pela via e os condutores o tempo todo fazendo manobras e tentando se desviar dos outros carros que trafegavam pelo local.

Jovens morrem após moto derrapar na pista e bater em poste em Fortaleza

O adolescente estava conduzindo a moto, devido a alta velocidade, na hora da curva, perdeu o controle da direção e bateu no poste. Os dois foram arremessados, um caiu no canteiro central e outro perto do meio fio. Morreram na hora. Os outros que estavam com eles fugiram.

Populares acionaram o Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu), mas ao chegar ao local do acidente os dois jovens já se encontravam em óbito. A identificação das vítimas ainda não foi informada oficialmente pela polícia.

 

Escola lamentou morte de jovens

A página da Escola de Ensino Fundamental e Médio Luíza Távora divulgou uma mensagem de pesar lamentando as mortes dos jovens identificados apenas como Gabriel e Pablo.

“Nós da Escola Luiza Távora, desejamos força a todos, e que Deus conforte o coração dos familiares e amigos. Que nesse momento de tristeza e luto haja paz, conforto, coragem e amor”, diz a publicação.

A multa para quem pratica “rachas” ou competições não autorizadas é de R$ 2.934,70, segundo a PRF, destacando que, no caso de reincidência dentro de 12 meses, a multa aplicada dobra e o motorista tem o direito de dirigir suspenso, além do veículo apreendido.

A polícia ressalta ainda que o crime tem penas previstas de seis meses a três anos de detenção, multa, além de suspensão ou proibição de se obter a carteira de habilitação.

Leia também | Ceará realiza “Dia D” de vacinação neste sábado (25); confira locais e vacinas disponíveis

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

 

Fonte: gcmais.com.br